Debate

Pai admite que matou mãe de seus filhos gêmeos por causa de briga sobre final da ‘Libertadores’

por: Redação Hypeness

Mais um feminicídio acontece no Brasil: Leonardo Ceschini confessou ter matado a mãe de seus filhos e ex-esposa, Érica Fernandes Ceschin, por conta de uma briga que ocorreu após a final da ‘Libertadores’, no último sábado (30).

O crime aconteceu após a final entre Palmeiras e Santos. Casados por nove anos, o conflito ocorreu porque Érica era palmeirense e Leonardo Ceschini, corintiano. Ele matou ela a facadas em um apartamento após a comemoração do campeonato, que foi vencido pelo time alviverde.

– O que é a ‘defesa da honra’ e como ela legitima os feminicídios no Brasil

Homem deu três versões sobre a morte da esposa e confessou ter assassinado mulher por conflito de futebol

Eles haviam saído para ver o jogo. Os primos de Erica estavam no apartamento para cuidar dos filhos gêmeos do então casal. Os familiares foram embora e somente os dois e as crianças, que já estavam dormindo, ficaram na casa.

– Polícia acha corpo de jovem retirada à força de churrasco por ex acusado de feminicídio

Segundo o boletim de ocorrência, o homem deu três versões do caso: na primeira, ela teria o agredido com a faca e depois se lesionado com ela. Depois, teria o agredido com a faca e se matou. Posteriormente, ele alegou que ela o agrediu e então ele ‘se defendeu’.

“O motivo de tudo foi [sic] desavenças devido a cada um ser torcedor de um time de futebol diferente, observando a final da Taça Libertadores da América: ela palmeirense, ele corintiano”, afirmou o boletim de ocorrência registrado pelas autoridades.

– Feminicídio só revolta quando vítima é branca e rica; imprensa segue culpando a vítima

A família ficou surpresa pois o casal não tinha conflitos. “Todos estamos espantados com o que aconteceu e surpresos, pois jamais imaginaríamos que algo tão grave como isso pudesse acontecer. Os dois, já casados há nove anos, tinham um bom relacionamento com as duas famílias. O sentimento é de surpresa e revolta. E queremos que a justiça seja feita”, afirmou um tio da vítima.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Depilação facial com cera quente vira febre nas redes e pesadelo de dermatologistas