Debate

Ana Maria mostra desconhecimento total sobre racismo ao criticar postura de Lumena no ‘BBB’

Redação Hypeness - 01/03/2021

A apresentadora Ana Maria Braga utilizou seu espaço no programa ‘Mais Você’ para falar sobre o que não sabe. Ao criticar o comportamento de Lumena Aleluia, participante do reality show ‘Big Brother Brasil’, a loira resolveu usar o termo “racismo reverso”, ou seja, opinou sobre algo que não existe.

– Com peruca black power e frases polêmicas Ana Maria Braga gera debate sobre representatividade e apropriação

Ana Maria Braga fala de racismo reverso, o que não existe

Ana Maria Braga comete erro e fala em racismo reverso

Branquitude existe. Racismo reverso, não 

Nos últimos dias, Lumena tem utilizado o termo branquitude para falar do comportamento de Carla Díaz, que se tornou uma espécie de algoz da baiana dentro do confinamento na casa instalada no estúdios da Rede Globo.

O termo branquitude é um conceito acadêmico utilizado há décadas para descrever a posição de privilégio dos brancos dentro da sociedade. Entender a branquitude é entender como brancos estão em posição de superioridade na hierarquia racial que opera no ocidente.

– Terreiro de Lumena diz que ela não é autoridade religiosa após vídeo no ‘BBB’ zombando Xangô

Lumena bate na tecla de que a branquitude de Carla Díaz é uma forma de manter privilégios na casa. Ainda que muitos discordem da crítica da psicóloga, o termo não é, em si, errado. E esse é o equívoco grave que Ana Maria Braga comete ao confundir a utilização do conceito acadêmico como uma forma de preconceito em revés.

“Não entendi esse negócio de branquitude. A gente tem culpa disso? Está acontecendo aí um reverso. Você tem que votar em alguém, não importa a cor. É um jogo, é feio isso”, afirmou Ana Maria Braga no Mais Você dessa manhã.

Lumena fala sobre o termo branquitude, que existe. Racismo reverso não

– Menino viraliza no Twitter com piada de vídeo do ‘vocês estão fazendo com que o branco sofra racismo’

Só pra avisar: racismo reverso não existe. O racismo não está somente na injúria racial; essa é somente a ponta do iceberg. Para entender a divisão racial no Brasil é necessário compreender que brancos nunca passaram por 300 anos de escravidão, não foram carregados em navios negreiros, não foram negados aos postos de poder, não são subrepresentados em cargos públicos, não são vítimas de 71% dos assassinatos no Brasil. O dia em que tudo isso ocorrer com os brancos, aí poderemos falar de racismo reverso.

Outro que entrou na barca bizarra do racismo reverso por causa dos debates levantados por Lumena foi o vereador Thammy Gretchen (PL), que diz querer abrir um processo contra a psicóloga dentro da categoria jurídica inexistente.

Confira a reação do público à fala de Ana Maria Braga:

Publicidade

Fotos: Reprodução/TV Globo


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Maior coelho do mundo é roubado em jardim e tutora oferece R$ 7 mil para tê-lo de volta