Criatividade

Covid: astros da lucha libre invadem mercado no México em campanha pelo uso de máscaras

por: Redação Hypeness

Sobre máscaras os astros da lucha libre entendem, e por isso os lutadores dessa modalidade que é mania no México invadiram o Central de Abasto de la Ciudad de México, mercado principal da capital do país, para “obrigar” quem não estava de máscara a se proteger e, assim, proteger aos outros.

A iniciativa é uma parceria entre o Consejo Mundial de Lucha Libre, que comanda a modalidade da luta – que está com as apresentações suspensas por conta da pandemia – e o Instituto de la Juventud (INJUVE) para conscientizar comerciantes e clientes sobre a importância do uso da máscara para combater a Covid-19.

Astros da Lucha Libre mexicana distribuindo máscaras

Os astros da Lucha Libre mexicana começaram a distribuição na entrada do mercado

Máscaras aprovadas pelo Inmetro por R$ 2; conheça o ‘PFF para Todos’

A escolha não poderia ser mais apropriada: se os lutadores interpretam espécies de super-heróis nos ringues, e são mundialmente reconhecidos pelas máscaras que vestem, num momento de hiato da Lucha Libre, eles foram à luta contra o pior inimigo – na vida real.

Astros da Lucha Libre mexicana distribuindo máscaras

Alguns dos mais famosos lutadores fizeram parte da campanha

Máscaras foram distribuídas para crianças e passantes que aderiam à iniciativa, mas quem se negava ou caminhava sem proteção era rapidamente “capturado” pelos lutadores e lutadoras e “obrigado” a vestir a máscara na marra.

Mortalidade no México

Pois se a modalidade é caracterizada pelas lutas encenadas e dramatizadas ao extremo – em versão mais charmosa da luta livre da TV estadunidense – o problema da pandemia no México é, assim como no Brasil, tragicamente real: o país é o terceiro no número total de mortes no mundo, com mais de 193 mil óbitos provocados pela Covid-19. Ainda que o país tenha começado a vacinação cedo, no natal do ano passado, o processo avança lentamente por lá, não chegando ainda a 4 milhões de doses aplicadas entre os mais de 126 milhões de habitantes.

Astros da Lucha Libre mexicana distribuindo máscaras no Mercado Central da Cidade do México

A máscara era aplicada “à força” em quem não a estava vestindo

Seleção Hypeness: 20 mercados públicos para conhecer antes de morrer

Da mesma forma, o negacionismo diante da gravidade da pandemia e da necessidade do uso de máscara e dos diversos protocolos de segurança e distanciamento como meios de contar a doença são um problema no país.

Astros da Lucha Libre mexicana distribuindo máscaras no Mercado Central da Cidade do México

O álcool também virou “arma” na luta da Lucha Libre contra a pandemia na capital mexicana

Covid: ‘festa que virou suicídio’, diz mãe sobre filho intubado com vírus

A escolha do cenário não se deu por acaso: a Central de Abasto de la Ciudad de México é o maior mercado central da América Latina e, desde que o país reabriu as atividades apesar da situação descontrolada do vírus, o local tem sido ponto de aglomeração, com muitas pessoas comprando ou vendendo sem os devidos equipamentos e práticas de proteção.

Astros da Lucha Libre mexicana distribuindo máscaras no Mercado Central da Cidade do México

O México é o terceiro país com mais mortes no total em todo o mundo – o Brasil é o segundo

Publicidade

© fotos: Central de Abasto de la Ciudad de México/divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
FGV reuniu Sergio Moro, Xuxa e ator de ‘Modern Family’ em trote inusitado