Inspiração

Cecília Dassi lista atendimentos psicológicos gratuitos ou com valor reduzido

por: Redação Hypeness

Você lembra de Cecília Dassi? A ex-atriz global fez diversas novelas e chegou a apresentar a finada TV Globinho, mas há cerca de nove anos, a estrela mirim abandonou as telinhas para seguir carreira como psicóloga. Aos seus mais de 200 mil seguidores no Instagram, ela resolveu divulgar alguns projetos de atendimento psicológico gratuito ou com valor reduzido para pessoas em situação de vulnerabilidade. Prestação de serviço importante em tempos de pandemia.

O IBOPE mostrou que 50% das mulheres que responderam ao estudo disseram sofrer mais com ansiedade durante o período de isolamento social. A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o Brasil como o país com a maior quantidade de pessoas com ansiedade no mundo. A psicologia, portanto, é bem-vinda para diminuir o sofrimento. 

– ONG oferece psicólogos de graça para atender LGBTs da terceira idade 

Cecília Dassi

Ex-global agora é psicóloga e divulgou programas de saúde mental gratuitos para pessoas em situação de vulnerabilidade

A lista de Cecília 

Cecília Dassi tinha uma vida estável como atriz e decidiu entrar na faculdade de psicologia mais por curiosidade do que por vontade de exercer a profissão. Ela descobriu que ser psicóloga era o que desejava fazer da vida e atua na área há alguns anos.

– Adolescência vai até os 24 anos, segundo psicólogos 

“Muita gente pergunta pra você, ‘por quê’?”. “As pessoas falam: ‘como é que você vai largar algo tão forte, tão estável, o status que você tem, é reconhecido’. Tá, mas não está feliz! Tem algo que está chamando no interior da pessoa”, contou ao programa de Fátima Bernardes, na TV Globo.

Cecília Dassi nos tempos de novelas da TV Globo

Em uma postagem no seu Instagram, Cecília fez uma lista com dezenas de serviços de atendimento psicológico gratuitos ou que cobram um valor reduzido para pessoas que precisam, mas não possuem dinheiro para pagar.

Cecília propõe vários debates importantes em seu perfil: 

Ela, porém, deixou um recado:

“Vale ressaltar: se você TEM condições de pagar pela terapia, mesmo que isso implique abrir mão de luxos/confortos, e escolhe fazer no atendimento social você está ocupando a vaga de alguém que NÃO TEM. Sejamos responsáveis e éticos nas nossas escolhas diárias. A vida em comunidade fica bem mais bonita quando pensamos no coletivo”, afirmou.

– Saúde mental e democracia: a importância de defender o SUS começa pela mente

Confira a postagem de Cecília Dassi:

Cecília Dassi separou os projetos que são focados, por exemplo, para pessoas LGBTQIA+, autistas e profissionais de saúde que estão na linha de frente da covid-19. Além disso, ela recomendou o ‘Mapa da Saúde Mental’ – iniciativa que reúne diversos tipos de atendimentos acessíveis no Brasil.

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/Instagram/foto 2: Reprodução/TV Globo


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Paolla Oliveira assume cachos e diz que é ‘pra ficar’; veja fotos