Debate

Criança de 13 anos morre de covid-19 após contrair doença durante volta às aulas

Redação Hypeness - 02/03/2021

Ana Clara Macedo dos Santos, adolescente de 13 anos de idade, faleceu em decorrência de complicações causadas pela covid-19. Aluna do 8º ano do Ensino Fundamental da  Escola Estadual Escritora Rachel de Queiroz, em Campinas, a adolescente contraiu a doença após a volta às aulas. O caso mostra o risco da abertura das escolas durante a pandemia.

– Coronavírus: ES quer retomar aulas com protocolo de despedida em caso de morte de alunos ou professores

Jovem morreu em decorrência da covid-19 aos treze anos

Adolescente de 13 anos de idade faleceu por conta da covid-19; caso mostra o risco da abertura de escolas em meio à segunda onda

O teste PCR para Covid-19 de Ana deu negativo, mas a escola informou que a causa mortis foi o novo coronavírus, fato confirmado pela Unidade de Saúde que atestou o óbito da jovem de apenas 13 anos de idade.

“Anjinha dos céus. Aninha que hoje faz parte do exército de anjos do Senhor. Obrigado, Pai, por nos ter dado o privilégio de sermos pais, mesmo que em tão pouco tempo. Mas esse pouco tempo foi muito de felicidade. Deus seja louvado”, disse a mãe da jovem no Facebook.

– Crivella defende abertura de escolas: ‘Crianças são imunes’; entenda por que a fala não faz sentido

“Junto com o sofrimento pelo ocorrido, vem o ódio por saber que pode ser o início de uma tragédia já anunciada e levada a frente pelo governador Doria e seu secretário de educação, Rossieli Soares, em meio a todo negacionismo de Bolsonaro que ceifa vidas”, afirmou um professora nas redes sociais.

– Escolas ao ar livre criadas para combater a tuberculose no início do século 20

Nenhum outro aluno ou funcionário da escola testou positivo para o novo coronavírus recentemente. Questionada sobre o caso, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo afirmou que as aulas na escola foram suspensas.

“Toda a equipe escolar e alunos estão abalados com o fato e o Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar, Conviva SP, foi acionado para dar apoio neste momento. A escola fechou na última sexta-feira (26), mantendo as aulas pelo Centro de Mídias. O atendimento na Secretaria funcionou normalmente, assim como a oferta de merenda aos alunos que manifestaram interesse. A pasta ressalta que os casos confirmados de servidores e alunos são acompanhados por meio do SIMED (Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para COVID-19) da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que tem os dados atualizados diariamente”, diz a nota da pasta.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Facebook

 


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.