Ciência

Cultivo de plantas em Marte pode ser viabilizado por 3 cepas de bactérias descobertas na Estação Espacial

por: Vitor Paiva

Três novas cepas de bactérias descobertas em experimentos na Estação Espacial Internacional (ISS) podem ajudar no desenvolvimento do cultivo de plantas e alimentos no espaço – e especialmente em Marte.

Capazes de fixar nitrogênio e intensificar o crescimento dos vegetais, segundo estudo publicado na revista científica Frontiers in Microbiology, as bactérias de uma nova espécie, intitulada Methylobacterium ajmalii, têm o potencial de serem adubos eficientes para tais cultivos em contextos hostis de como o do planeta vermelho.

A Estação Espacial Internacional

A Estação Espacial Internacional, localizada a 408 km de altura © Wikimedia Commons

Saiba porque cannabis e café serão enviados ao espaço

Ao todo quatro cepas foram encontradas nos laboratórios da estação, mas uma delas pertence à família Methylorubrum rhodesianum. As três cepas descobertas foram batizadas de IF7SW-B2T, IIF1SW-B5 e IIF4SW-B5, após monitoração conduzida por 6 anos em 8 locais diferentes da ISS.

Foi a análise genética das cepas que confirmou o “parentesco” com as bactérias Methylobacterium indicum, capaz de fixar nitrogênio, proteger de “inimigos” biológicos e patógenos nas mudas, e amplificar o crescimento das plantas.

Uma das cepas de bactérias identificadas na ISS

Uma das cepas de bactérias identificadas na ISS © NASA

NASA termina experimento que simulou vida em Marte durante um ano em vulcão isolado

A aposta é que micróbios que já sobrevivem ao espaço possam ajudar no cultivo de plantas como fontes de alimentos para longas viagens ou permanências espaciais, assim como para a colonização de outros planetas. Kasthuri Venkateswaran e Nitin Kumar Singh, do Jet Propulsion Laboratory (JPL), da Nasa, coautores do estudo, confirmaram que as cepas possuem potencialmente “determinantes genéticos biotecnologicamente úteis” para o cultivo no espaço.

“Cultivar plantas em locais extremos onde os recursos são mínimos, o isolamento de novos micróbios que ajudem a promover o crescimento das plantas sob condições de estresse é essencial”, diz comunicado.

Colonização de Marte

As pesquisas com micróbios na ISS trabalham com mais de mil amostras já coletadas, e o processo ideal é que os experimentos sejam conduzido na própria estação.

“Em vez de trazer amostras de volta à Terra para análises, precisamos de um sistema de monitoramento microbiano integrado que coleta, faz processamento e análise de amostras no espaço usando tecnologias moleculares”, afirmaram os cientistas.

Astronauta em um laboratório da ISS

Astronauta em um laboratório da estação © NASA

Cultivo realizado em um laboratório na ISS

Cultivo realizado em um laboratório na ISS © NASA

Estas são as melhores fotos de 7 anos de expedição da Nasa em Marte

A descoberta surge em um momento em que a ida à Marte parece passo próximo nos avanços espaciais humanos, e tanto a NASA quanto Elon Musk planejam realizar viagens tripuladas ao planeta vizinho nos próximos anos.

Cultivo de rabanetes realizado na Estação Espacial Internacional

Cultivo de rabanetes realizado na Estação © NASA

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.


X
Próxima notícia Hypeness:
Antártida vive drama com geleira próxima de ponto irreversível de degelo