Diversidade

Djamila Ribeiro: ‘Lugar de Fala’ e outros livros para entender raça por R$ 20

Gabriela Rassy - 16/03/2021 | Atualizada em - 17/03/2021

Partindo do entendimento que racismo existe e ainda exerce um triste peso sobre as pessoas negras na nossa sociedade, é preciso educar. Aos outros sim, mas, principalmente, a nós mesmos. Djamila Ribeiro, Silvio Almeida, Carla Akotirene e Rodney William são alguns dos autores que podem nos ajudar a entender e respeitar a questão de raça.

A opressão exercida pelos brancos sobre os negros ao longo da história faz com que, até hoje, o debate se faça urgente. Entender o lugar de fala, de onde parte o preconceito e por que ele ainda causa os mais diversos prejuízos às pessoas pretas é o primeiro caminho.

Djamila Ribeiro

Djamila Ribeiro foi a vencedora do Prêmio Jabuti, na categoria “Ciências Humanas”, com seu livro “Pequeno manual antirracista” (Companhia das Letras)

Minha luta diária é para ser reconhecida como sujeito, impor minha existência numa sociedade que insiste em negá-la

A frase de Djamila Ribeiro mostra como o problema está na estrutura da sociedade e afeta a vida das pessoas desde o nascimento. Filósofa, feminista negra, escritora e acadêmica, Djamila se tornou uma das principais vozes do feminismo negro e do combate ao racismo em todas as esferas sociais.

Quem é Djamila Ribeiro

Seus livros, ‘Quem Tem Medo do Feminismo Negro?’ (2018) e ‘O Que É Lugar de Fala?‘ (2017) são seus best sellers. Este último vendeu mais de 50 mil cópias e foi o 2º livro mais vendidos da ‘Flip’‘Festa Literária de Paraty’, em 2018.

Roda-Viva-Djamila-Ribeiro

Djamila Ribeiro foi a convidada do programa “Roda Viva”, da TV Cultura, em novembro de 2020

Na lista dos mais vendidos da Amazon, o ‘Pequeno Manual Antirracista‘ de Djamila ocupa o primeiro lugar das vendas de 2020. O livro pretende ajudar as pessoas a reconhecerem a estrutura racista, além de propor um enfrentamento consciente desta problemática.

Pequeno Manual Antirracista Djamila Ribeiro

Pequeno Manual Antirracista Djamila Ribeiro

Djamila organizou ainda a Coleção Feminismos Plurais (Editora Jandaíra), que levanta questões importantes referentes aos mais diversos feminismos de forma didática e acessível.

Com o objetivo de desmistificar o conceito de lugar de fala, Djamila Ribeiro contextualiza o indivíduo tido como universal numa sociedade cisheteropatriarcal eurocentrada, para que seja possível identificarmos as diversas vivências específicas e, assim, diferenciar os discursos de acordo com a posição social de onde se fala.

Dentro da coleção, Silvio Almeida nos fortalece a entender no livro ‘Racismo Estrutural’ que “as instituições são apenas a materialização de uma estrutura social ou de um modo de socialização que tem o racismo como um dos seus componentes orgânicos”.

Confira algumas indicações disponíveis na Amazon por até R$ 20:

‘Lugar de Fala’

 

Racismo Estrutural’

 

‘Interseccionalidade’

 

‘Na minha pele’

‘Lélia Gonzales’

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/Instagram/foto 2: Reprodução/TV Cultura


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Marta joga Olimpíadas sem patrocínio e escancara machismo no esporte