Inovação

Ela inovou a educação ao criar livros em braile com uso de impressora caseira

por: Redação Hypeness

Debra Bonde já dedicou 27 anos da sua vida a editar livros em braille. A fundadora da Seedlings, uma editora especializada em livros infantis para pessoas com deficiência visual, começou seu negócio – que não tem fins lucrativos – com uma impressora caseira que era capaz de produzir o texto em alto-relevo. O equipamento ela apenas uma invenção ‘maluca’ de seu pai, mas acabou mudando a vida de milhares de pessoas.

– Designer transforma braille em fontes inspiradoras

Debra Bonde

Debra Bonde se tornou uma das maiores referências de acessibilidade para pessoas com deficiência visual nos EUA e tudo começou com uma impressora caseira.

Desde então, Debra tem dedicado a sua vida a traduzir textos infantis do inglês para o braille e publicá-los através de sua editora. O trabalho que começou sem fins lucrativos em uma garagem de Michigan acabou por ganhar grandes proporções.

– Lego irá comercializar peças em braille para alfabetizar deficientes visuais

Mais de 600 mil livros em braille para o mundo todo

Logo ela se tornou uma das grandes referências dentro da acessibilidade nos EUA. Seu nome se tornou conhecido na comunidade de pais de crianças cegas  Desde 1994, ela já editou mais de 200 obras que viraram mais de 600 mil exemplares, distribuídos ao redor do mundo.

Com mais de 600 mil livros distribuídos ao redor do mundo, ela comanda uma ONG que financia a educação de crianças com deficiência visual nos EUA

Debra também tem um projeto de educação para jovens com deficiência visual. Logo no começo do projeto, só os livros não foram o suficientes. Ela queria ajudar as pessoas que leem com as mãos a ingressarem em universidades e conquistar seu espaço dentro do mundo acadêmico.

– O primeiro smartwatch em braille do mundo permite que pessoas cegas sintam mensagens na tela

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 75 milhões ou cerca de 1% da população mundial convive com algum grau de cegueira. Aqui no Brasil, se você procura por livros infantis em braille, vale dar uma olhada na Fundação Dorina Nowill Para Cegos, que editou mais de 10 títulos para crianças que leem com as mãos.

Publicidade

Fotos: Divulgação/Esteemed Women of Michigan


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Máscara facial de luxo promete evitar a acne e o mau hálito