Arte

‘Medida Provisória’: Lázaro Ramos e Taís Araújo fazem ‘melhor filme desde ‘Cidade de Deus”, diz festival

por: Yuri Ferreira

‘Medida Provisória’ é a estreia de nosso querido e amado Lázaro Ramos como diretor de cinema. O longa, estrelado por Taís Araújo, está recebendo aclamação no circuito independente e, segundo críticos do ‘Festival de Filmes Pan-Africanos’, é o melhor filme brasileiro desde ‘Cidade de Deus’.

– ‘Bacurau’ e ‘Parasita’ se encontram na luta de classes e no espírito de resistência

Taís Araújo e Alfred Enoch em filme "Medida Provisória"

Distopia dirigida por Lázaro Ramos fala sobre ditadura e tem tons de “Admirável Mundo Novo”

A história do filme é a seguinte: em um futuro distópico não tão distante, o governo brasileiro instaura uma perseguição contra cidadãos negros e os obriga a migrarem de volta para África, a fim de encontrar suas origens.

– Cinema brasileiro brilha em Cannes com ‘Bacurau’ e ‘Vida Invisível de Eurídice Gusmão’, mas luta para sobreviver

Renata Sorrah, Alfred Enoch, Taís Araújo e Seu Jorge em filme "Medida Provisória"

Grande elenco; narrativa ainda melhor. Primeiro longa de Lázaro Ramos está sendo aclamado pela crítica

Baseado na peça ‘Namíbia, não!’, o longa conta com a participação de grandes atores como Alfred Enoch (‘Harry Potter’, ‘How to Get Away with Murder’), Taís Araújo, Seu Jorge, Renata Sorrah, Adriana Esteves, Emicida, Rincon Sapiência, Mariana Xavier e mais um monte de gente sensacional.

– Para o mês da Consciência Negra, selecionamos alguns dos maiores atores e atrizes da atualidade

A distopia que fala sobre tensões raciais no Brasil já ganhou o prêmio de ‘Melhor Roteiro’ no ‘Festival de Cinema de Memphis’ e agora será exibido no ‘SouthBySouthwest’ (SWSX), um dos mais importantes eventos de arte e tecnologia de todo o mundo. ‘Medida Provisória’ também foi indicado a ‘Melhor Filme’ no ‘Festival de Moscou’.

Melhor filme desde de “Cidade de Deus”? Elogios a roteiro e grande elenco criam ansiedade por estreia de Lázaro Ramos como diretor

“Agora que o filme está atingindo as plateias dos Estados Unidos e tendo uma recepção tão boa, nos dá um pouco de fôlego para suportar o tempo que ainda vamos esperar para as plateias brasileiras poderem ver o filme”, afirmou Lázaro à coluna do jornalista Leo Dias.

O longa já estreou em diversos cinemas ao redor do mundo, mas ainda não tem previsão de chegada às salas brasileiras.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness. No twitter, @porfavorparem.


X
Próxima notícia Hypeness:
Ismael Ivo: Deus negro do Ébano que o Brasil não conhecia e o mundo reverenciou