Ciência

Lockdown de verdade funciona, mostra cidade de SP com queda brusca de casos

Redação Hypeness - 12/03/2021 | Atualizada em - 15/03/2021

Araquara foi uma das primeiras cidades de São Paulo a decretar colapso no sistema de saúde por causa da covid-19. O município a 285 quilômetros da capital paulista demonstrou que, enquanto a vacina não chega, o lockdown bem feito é o melhor remédio contra a transmissão do vírus. A afirmação é comprovada tendo como base a queda do número de novos casos da doença diagnosticados na região.

As infecções pela covid-19 caíram pela metade em Araraquara, apesar da taxa de internações e mortes ainda estar alta. De acordo com informações publicadas pela BBC Brasil, cerca de 25% dos exames para detectar a presença do vírus voltavam com resultado positivo. Os números saltaram para 50% em fevereiro.

“De uns tempos para cá, passamos a observar a chegada de pacientes mais jovens, com quadros mais graves e que necessitam ficar mais tempo internados”, declarou à BBC a infectologista Ana Rachel Seni Rodrigues, que trabalha e dá plantão em vários hospitais de Araraquara. “Nós vivemos no limite e foi muito estressante lidar com a falta de leitos e providenciar soluções de uma hora para a outra”, complementou.

– Criança de 13 anos morre de covid-19 após contrair doença durante volta às aulas

Lockdown fez casos caírem em Araraquara

– Covid: Brasil pode fabricar variantes em massa com vacinação sem lockdown, dizem cientistas

Lockdown derrubou casos em Araraquara 

Enfermarias e UTIs de Araraquara começaram a ficar lotadas a partir da segunda semana de fevereiro. As mortes também cresceram e a cidade contabilizava 264 óbitos por covid-19 até 10 de março, sendo que que 65% deles foram registrados nos primeiros meses de 2021 – possivelmente por causa das festas de final de ano. Entrou em cena o lockdown, que segundo informações da prefeitura de Araraquara, fez cair para 43,02% a média diária de casos com apenas 17 dias de confinamento. 

– Fiscais acabam com baile da 3ª idade com 190 idosos em plena alta de casos de covid-19

A prefeitura explica que no dia 21 de fevereiro (início da restrição de circulação) a cidade tinha média de 189,5 casos por dia. Na quarta-feira (10), a média, que é a soma dos casos registrados em uma semana dividida por sete, chegou a 108 casos dia. 

O lockdown proibindo a circulação de moradores sem justificativa e fechamento de serviços essenciais, como supermercados e postos, além de suspensão do transporte, começou um dia após Araraquara bater recorde de casos com 248 registros.

 A cidade de 240 mil habitantes soma 15.725 casos de covid e 264 mortes. A quantidade de pessoas em quarentena infectadas pela doença caiu 58%. Em 21 de fevereiro, havia 1.512 cidadãos em isolamento domiciliar cumprindo a quarentena por estarem contaminadas com o novo coronavírus. Já na quarta-feira (10), esse número era 635, menos da metade. 

O estado de São Paulo entrou na fase roxa de restrição

– Coronavírus: ES quer retomar aulas com protocolo de despedida em caso de morte de alunos ou professores

Araraquara viveu o pico de pacientes internados em UTIs entre os dias 25 e 26 de fevereiro com 247 pessoas precisando de atendimento médico – recode desde o início da pandemia. O lockdown trouxe alívio e os hospitais registravam 177 pacientes em hospitais no dia 10 de março. O número, porém, ainda considerado alto pela prefeitura. 

O estado de São Paulo entrou na fase roxa, ou seja, resitrição de circulação máxima para conter o avanço da pandemia. São 63 mil pessoas mortas e cerca de 700 aguardando na fila para o atendimento.

Publicidade

Fotos: foto 1: Divulgação/Prefeitura de Araraquara/foto 2: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.