Inspiração

Repórter celebra quebra de padrão na Globo: ‘Gordo negro e pobre chegou lá’

Redação Hypeness - 16/03/2021

Filho de uma empregada doméstica e de um zelador, o repórter Elton Ribeiro, contratado desde 2019 pela TV Gazeta (afiliada da Globo no Espírito Santo), apresentou o ‘ES1’ sozinho pela primeira vez. O profissional sintetizou bem o significado da conquistar que quebra padroões de imagem estabelecidos pela maioria das emissoras de televisão.

“O gordo, negro e pobre chegou lá”, celebrou.

Elton Ribeiro contou ao Notícias da TV que está feliz com o fato da diversidade estar mais presente nos veículos de comunicação do Brasil.  

“Fico feliz e espero que eu esteja inspirando muita gente, inclusive os empregadores. Abram a mente e prestem atenção no profissionalismo da pessoa, independentemente se ela é gorda, magra, negra, ou de qualquer minoria”, sintetizou

– Âncora do ‘JN’ cita feminicídio e critica fãs em fala contra contratação do goleiro Bruno

Repórter celebra quebra de padrão na Globo: ‘Gordo negro e pobre chegou lá’

A fala do jornalista veio na parte final do jornal e pegou telespectadores e colegas de trabalhos de surpresa com desebafo sobre suas origens humildes. Elton Ribeiro explica que nunca quis usar sua história de vida como um trampolim para novas oportunidades. 

– Jornalista que ancorou o ‘Jornal Nacional’ diz que foi demitida após denunciar assédio de chefe

Apesar de comemorar a quebra de paradigmas, Ribeiro reconhece que o fato de ser gordo, um dia, já foi uma barreira à sua ascensão. Ele conta que chegou a ser aconselhado por amigos, até mesmo da área, a emagrecer. Porém, mesmo estando disposto a seguir a orientação, sempre teve dificuldade para perder peso.

“Na TV Gazeta, eu me encontrei como comunicador: faço o que eu quero, no formato em que eu acredito. Recebo suporte e tenho toda a liberdade para desenvolver o meu trabalho. O reflexo dessa confiança foi a oportunidade de apresentar o jornal”, disse Ribeiro, revelando que recebeu o convite dois dias antes e, ainda não sabe quando irá repetir a experiência. 

Ribeiro já viveu diversas aventuras em suas reportagens ou entradas ao vivo, quando chegou a se vestir de Papai Noel; descer em uma tirolesa, lutar caratê, kickboxing e entrar em um simulador de incêndio cuja temperatura pode ultrapassar os 800°C. Ele conta ainda que, também já se emocionou em algumas ocasiões, como a ocorrida após a homenagem feita por uma turma de estudantes que se solidarizou com os profissionais que continuavam trabalhando na pandemia, escrevendo cartas de incentivo. 

Publicidade

Foto: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Escolas de samba: você sabe quais são as agremiações mais antigas do Brasil?