Arte

Sérgio Camargo pede boicote a filme de Lázaro Ramos e nós listamos os motivos para assisti-lo

Redação Hypeness - 22/03/2021 | Atualizada em - 24/03/2021

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, disseminou notícias falsas sobre ‘Medida Provisória’, filme dirigido por Lázaro Ramos que faz sua estreia em circuitos de cinema independente ao redor do mundo.

Segundo o funcionário público, o longa criticaria o presidente Jair Bolsonaro e o acusaria de racismo, o que é absolutamente mentiroso. Por isso, vamos listar alguns motivos para você ir atrás do filme quando ele for disponibilizado no Brasil.

– Madame Satã e Gil: a grandeza dos ‘excluídos’ da Fundação Palmares incomoda Sérgio Camargo. Quem liga?

Sérgio Camargo espalhou informações falsas sobre novo filme de Lázaro Ramos no Twitter e pediu boicote contra longa que sequer viu

Utopia sobre negros brasileiros na África 

‘Medida Provisória’ é uma distopia que fala sobre um futuro próximo em que os negros brasileiros são obrigados a voltar para a África. A história, de resistência e luta, não trata de nenhum governo específico que vivemos e é adaptada na peça ‘Namíbia, não!’, escrita em 2011, durante o governo Dilma Rousseff. Mas isso não existe na cabeça de Sérgio Camargo.

“O filme, bancado com recursos públicos, acusa o governo Bolsonaro de crime de racismo – deportar todos os cidadãos negros para a África por Medida Provisória. Temos o dever moral de boicotá-lo nos cinemas. É pura lacração vitimista e ataque difamatório contra o nosso presidente”, escreveu o presidente da Fundação Palmares em seu Twitter.

– Sérgio Camargo, da Fundação Palmares, é notificado pelo MPF após selo negando o racismo 

Tendo em vista que o sr. Sérgio Camargo não sabe do que está falando, te damos três motivos para dar uma conferida em ‘Medida Provisória’ quando ele for disponibilizado no Brasil.

1. O filme já é um sucesso da crítica

Taís Araújo e Alfred Enoch em filme "Medida Provisória"

Filme tem recebido comentários positivos nos circuitos de cinema

Segundo o ‘Pan-African Film Festival’, ‘Medida Provisória’ é o melhor filme brasileiro desde o aclamadíssimo ‘Cidade de Deus’. A curadoria do festival, que escolheu a obra para encerrar o último dia de festa online, afirma que o filme é uma obra prima.

‘Medida Provisória’ também foi indicado para Melhor Filme no ‘Festival de Memphis’ e ganhou o prêmio de Melhor Roteiro pela premiação norte-americana. Além disso, recebeu diversos elogios no ‘SouthBySouthWest’ e ainda será exibido em diversos festivais ao redor do mundo.

2. É a estreia de Lázaro Ramos por tŕas das câmeras

Após quase três décadas como ator, roteirista e produtor, Lázaro Ramos vai fazer sua estreia como diretor. Além de dirigir o filme, ele trabalhou no premiado roteiro e esteve por trás de todo o processo. Ramos escreveu ‘Medida Provisória’ e, depois de seis anos, o projeto finalmente saiu do papel. Se ele for tão bom dirigindo quanto é escrevendo e atuando, temos certeza que vem coisa boa por aí!

3. O elenco é recheado de estrelas

Produção conta com grande elenco, que mistura personalidades estrangeiras e brasileiras

Ramos, principal nome da obra, não aparece na frente das câmeras. Mas outros nomes brilham em ‘Medida Provisória’: Alfred Enoch (de ‘Harry Potter’ e ‘How To Get Away With Murder’), Renata Sorrah, Mariana Xavier, Taís Araújo, Adriana Esteves, Seu Jorge, Emicida, Rincon Paciência e outros nomes vão aparecer na distopia brasileira.

‘Medida Provisória’ ainda não tem data de estreia no Brasil – então, até lá, podem esquecer o boicote! Estamos ansiosos!

Publicidade

Fotos: Reprodução/Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Helen McCrory, atriz de ‘Harry Potter’, morre aos 52 anos