Ciência

Superlua vista no céu DF e RS inaugura calendário 2021; ano terá outras três

Redação Hypeness - 30/03/2021

A primeira ‘Superlua’ de 2021 iluminou os céus do Rio Grande do Sul e do Distrito Federal na noite de domingo (28). O fenômeno proporciona uma luminosidade de 97 a 100% e pode durar de sete a oito dias. Ou seja, ainda é possível contemplar a Lua em sua versão mais brilhante. 

‘Superlua’ acontece quando o satélite natural do planeta Terra se encontra próximo ao seu perigeu, que é o ponto da órbita em que a Lua cheia está mais perto do nosso planeta. Por isso é possível vê-la com mais brilho e nitidez. 

– George Carruthers, um dos primeiros astrofísicos negros da NASA, cujo telescópio inovador está na lua

– Nasa captura fusão de buracos negros em imagens raríssimas e incríveis

– Esta pode ser a rocha mais antiga da Terra – mas foi coletada na lua

A distância da Terra para a Lua é de 384.400 km e, enquanto acontece, o perigeu não permanece no mesmo ponto e por isso pode parecer mais evidente em diferentes pontos do país. E em dias alternados. 

No Distrito Federal, por exemplo, a ‘Superlua’ brilhou mais na noite deste domingo (28). Segundo a Agência Espacial Norte-Americana (Nasa), a Lua ficou cheia às 15h48 e permanecerá até a noite de sábado (3).

Também de acordo com a Nasa, a ‘Superlua’ visível em Brasília também é apelidada de ‘Lua de Minhoca‘, forma como os povos antigos no sul dos Estados Unidos chamavam a Lua nesta época do ano, início da primavera no Hemisfério norte. O fenômeno da ‘Superlua’ poderá ser visto novamente nos dias 8 de abril26 de maio e 24 de junho

Publicidade

Foto: Divulgação/Observatório Espacial Heller & Jung


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.