Futuro

USP oferece curso de botânica para professores da educação básica

Vitor Paiva - 01/03/2021 | Atualizada em - 04/03/2021

O estudo das plantas – suas características, reprodução, funcionamento e ecologia vegetal em geral – torna-se cada vez mais conhecimento fundamental, e foi pensando nisso que o Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB-USP) passou a oferecer o curso on-line “A Botânica no Cotidiano” exclusivamente para professores do ensino básico. As aulas se darão entre os dias 12 de abril e 28 de junho de 2021, tendo como foco os professores tanto da rede pública quanto privada das áreas de ciências e biologia.

Partindo de aspectos tanto práticos quanto teóricos da botânica, o curso pretende explorar pontos como morfologia floral, o uso de tais conhecimentos sobre as plantas na alimentação, na higiene, na saúde, na cosmética e mais. Segundo o Jornal da USP, a ideia é “Desmistificar o ensino de botânica, estimular professores da educação básica no desenvolvimento de diferentes estratégias didáticas e realizar reflexões acerca do significado de aulas práticas”. A carga horária terá 60 horas ao todo, e o curso possui 60 vagas disponíveis – a serem preenchidas pela ordem de inscrição.

O curso pretende estimular os professores da educação básica a desenvolver novas e diversas estratégias didáticas para atuar em sala de aula, utilizando os conhecimentos sobre botânica adquiridos – discutindo o “significado de aulas práticas no seu sentido amplo e sua aplicação”, afirma o site do curso. As inscrições começaram em janeiro, e vão até o dia 14 de março através do Sistema Apolo da USP – feitas com a informação do CPF do candidato ou candidata e o pagamento de uma taxa de R$ 100.

Depois da inscrição um e-mail é enviado com o link para o boleto bancário referente à taxa de inscrição – que só será efetivada após confirmação do pagamento. As informações gerais do curso “A Botânica no Cotidiano” podem ser acessadas aqui.

Publicidade

© fotos: Getty Images


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.


X
Próxima notícia Hypeness:
Povos indígenas protegem e salvam as florestas segundo relatório da ONU