Tecnologia

Vibrador com testículos tem segundo pênis para manter clímax pós-orgasmo

por: Redação Hypeness

Um dia o britânico Jerry Davies estava de conchinha com sua esposa quando ela começou a acariciar seus testículos e ele sentiu prazer. A partir dessa sensação, ele teve uma ideia: e se eu transformasse minhas bolas em um segundo pênis? Foi assim que nasceu o Balldo, um vibrador para testículos que faz com que o homem ganhe um novo instrumento para a penetração.

– Gwyneth Paltrow lança vibrador ‘intelectual’ e anti-hipersexualização por R$ 500

A capa de silicone para transformar seus testículos em um vibrador chegou; e aí, você acha que faz algum sentido?

É mais ou menos isso que você leu mesmo. O brinquedo sexual funciona como uma caixinha: você coloca as suas bolas dentro de uma capa de silicone e elas podem ser penetradas no seu parceiro ou na sua parceira. O produto é tão louco que até a propaganda precisa confirmar que ele existe de verdade. “Esse produto realmente existe!”, diz o comercial.

– Isolamento aumentou venda de artigos sexuais, normalizou a masturbação, mas não aumentou o prazer

Orgasmo com os testículos – será que isso realmente existe?

A ideia principal do produto se baseia no fato de que as bolas tem mais de 6 mil terminações nervosas, algo similar às terminações nervosas dos lábios internos e externos da vulva feminina. Segundo Jerry Davies, que passou três anos tentando desenvolver uma técnica para transar com seu testículo, através do brinquedo sexual, é possível obter “ballgasms”, ou, em tradução livre “bolagasmos” ou “orgasmos com suas bolas”.E aí, você acha que dá certo?

Ele afirma que a sensação é muito diferente. “É realmente um orgasmo intenso e profundo, que demora bastante tempo para acabar”, disse ao Inside Hook. “É como se você estivesse tentando entender de onde essa sensação está surgindo. Ele acaba em ejaculação peniana, mas ao contrário da penetração peniana, existe uma estimulação psicológica muito grande.” 

Não há estudos que comprovem a existência desse tipo de orgasmo, mas 90% dos homens gostam de serem estimulados nos testículos e 50% deles se tocam nessa região durante a masturbação, segundo uma pesquisa da MisteryVibe.

– Esses brinquedos sexuais com rostos felizes são tão lindos que mais parecem objetos de decoração

A bizarra invenção parece dolorosa, mas afirma causar orgasmos intensos e pode ser solução para disfunção erétil

Outro lado positivo do produto é justamente para homens que têm dificuldade de obter ereções ou que acabam terminando o sexo antes de seus parceiros. Caso você tenha chegado no clímax, pode usar o Balldo para continuar a penetração e, se seu pênis não fica ereto, dá para usar o dispositivo para obter prazer sexual também.

– Vibrador perde prêmio em feira de inovação por ser considerado “imoral”

A empresa por trás do produto, Nadgerz Inc., publica vídeos de clientes satisfeitos com seus ballgasms, mas a reação da internet e particularmente dos homens cisgênero está bastante negativa; isso porque a ideia de algo apertando seus testículos não parece muito bacana.  Se você quiser ver um vídeo da propaganda – explicando, inclusive, como ele deve ser utilizado – do Balldo, dá uma olhada (em inglês):

O produto está sendo vendido apenas pelo site “Indiegogo” e seu preço nem é tão salgado assim: na cotação atual, o Balldo sai por R$ 208.

Publicidade

Fotos: Divulgação/Balldo


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Yahoo respostas sairá do ar; confira momentos épicos para já sentir saudades