Arte

Alemanha vai devolver à Nigéria bronzes do Benim roubados da África pelos britânicos

Redação Hypeness - 30/04/2021

A ministra da Cultura da Alemanha, Monika Grütters, afirmou que vai devolver ao governo nigeriano diversas obras que foram saqueadas da Cidade de Benim, no estado de Edo, na Nigéria, no século 19, por colonizadores britânicos.

O estado alemão se comprometeu a devolver ‘parte substancial’ do acervo adquirido dos ingleses. O movimento é um dos primeiros sinais do processo de compensação das potências europeias pelo dano cultural causado pela colonização à diversos povos africanos.

– França dá exemplo ao devolver para o Benim obras roubadas durante a colonização 

Bronzes do Benim estão expostos em diversos museus da Europa e foram vendidos por preços altíssimos; enquanto isso povos de todo o continente africano sofrem com apagamento histórico de sua cultura e fetichização criada pelo ocidente

A principal coleção dos bronzes da cidade do Benim está no British Museum, em Londres. Na Alemanha, há cerca de 1,100 desses artefatos, distribuídos entre museus em Hamburgo, Colônia, Estugarda, Lípsia e Dresda. Pelo menos 440 dessas obras culturais africanas estão sob domínio do Museu Etnológico de Berlim.

– França dá exemplo ao devolver para o Benim obras roubadas durante a colonização 

O acordo foi realizado na última quinta-feira (29). “Nós estamos enfrentando com coragem nossa responsabilidade moral e histórica de deixar claro o passado da Alemanha e seu histórico de colonização. O tratado sobre os bronzes de Benim é um ponto de partida para esse processo”, disse Grütters.

As obras seriam inclusive colocadas para visita pública pelo Forum Humboldt, um projeto que tinha como foco a exposição de arte não-europeia na Alemanha. Entretanto, foi decidido que a partir de agora serão exibidas réplicas e informações sobre a colonização no lugar dos bronzes de Benim.

– África: o movimento dos países que exigem indenizações dos colonizadores europeus 

E não há qualquer desculpa para a manutenção desses objetos sobre a posse dos ex-colonizadores. Estimativas apontam que cerca de 85% dos artefatos encontrados em museus de história não tenham origem documentada e certamente muitos deles foram roubados. Por que a Pedra de Roseta, um dos principais documentos históricos e registro que permitiu a compreensão hierográfica está no Museu Britânico e não no Egito?

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.