Futuro

Atriz indicada ao ‘Globo de Ouro’ muda nome para retomar suas raízes em África

Vitor Paiva - 12/04/2021 | Atualizada em - 13/04/2021

Antes conhecida como Thandie Newton, a atriz britânica Thandiwe Newton decidiu mudar a forma de escrever seu nome em busca de retomar não só suas raízes africanas, mas também a forma original com que o nome foi escrito – como ela foi batizada. Estrela da série “Westworld” e indicada a dois Globos de Ouro, segundo a atriz o nome “Thandiwe” foi “anglicizado” na infância, e passou a ser grafado sem a letra “W”, como que em uma versão “menos africana” – e foi essa versão que ela adotou quando começou sua carreira, e que agora ela decidiu por abandonar.

A atriz Thandiwe Newton

A atriz em evento da série Westworld © Getty Images

-Este casal teve que apelar para a justiça para poder registrar sua filha com um nome africano

“Esse é o meu nome, e sempre foi meu nome”, comentou a artista, nascida Melanie Thandiwe Newton Parker, em reportagem de capa para a revista Vogue. Filha de uma princesa do povo Shona, do Zimbábue, e de um artista e técnico de laboratório inglês e nascida na Inglaterra, Thandiwe cresceu em um contexto conservador e católico no país, e assim seu nome passou a ser escrito e pronunciado de uma forma mais aceita pelo paradigma racista que comandava – e tanto ainda comanda – as relações sociais, para que ela se sentisse menos diferente. “Eu estou pegando de volta o que é meu”, comentou.

A atriz Thandiwe Newton na capa da Vogue

A capa da Vogue britânica em sua edição de maio © Vogue/reprodução

-Por que uma mulher foi falsamente acusada pelo caos no Canal de Suez

“Nós provavelmente éramos as primeiras pessoas negras que todo mundo havia visto”, ela conta para a Vogue, em matéria apropriadamente intitulada “Renascimento de um ícone”. A família de Newton ainda faz parte da linhagem real do povo Shona, e o nome Thandiwe tem origem em línguas angunes, grupo de idiomas bantus e nígero-congoleses que se fala na região da África Meridional. Segundo consta, sua pronuncia é “tan-DEE-way” e o nome quer dizer “amada”.

Racismo e carreira

Na reportagem da edição de maio da versão britânica da revista Vogue, Thandiwe Newton se aprofunda no impacto que o racismo exerceu em sua vida e sua carreira ao longo dos anos. Segundo a atriz, em cada contexto que adentrou a questão racial se impôs, e por isso ela fez questão de jamais interpretar papeis racialmente ou sexualmente estereotipados. “Eu já fui negra demais, e negra de menos”, comenta sobre testes para papeis, lembrando do dia em que leu em um jornal que ela não deveria ganhar determinado prêmio inglês por não ser “realmente” inglesa, já que sua mãe é africana de nascimento.

A atriz Thandiwe Newton em matéria da Vogue

O nome “Thandiwe” quer dizer “amada” em sua língua original © Vogue/reprodução

-Um glossário educativo contra o machismo em expressões populares

Desde o início de sua carreira, Thandiwe Newton foi uma voz alta e ativa contra o racismo, o sexismo e desigualdade de gênero em Hollywood, e recentemente conquistou o evidente direito à igualdade de salários entre o elenco de “Westworld”. “Não foi uma celebração, eu fiquei enojada”, comenta. “O que mais sou grata em nosso meio agora é ter a companhia de outros que me veem de verdade, e não ser cumplice na objetificação do povo negro como sendo ‘outros’, que é o que acontece que você é a única”.

Thandiwe é ativa militante pela igualdade de gênero e racial em Hollywood © Vogue/reprodução

-Pesquisa conclui que mulheres ganham menos que homens em TODOS os cargos

A matéria da Vogue pode ser lida em inglês aqui.

A atriz Thandiwe Newton em matéria da Vogue

A mãe de Thandiwe é princesa em uma família Shona no Zimbábue © Vogue/reprodução

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.