Debate

‘BBB’: eliminação de João é associada com punição por denunciar racismo

Karol Gomes - 23/04/2021

“Faltou João”, argumentou Tiago Leifert para justificar a eliminação do João Luiz do “Big Brother Brasil” na noite desta quinta-feira (22). O apresentador acabou se contradizendo ao dizer, em seu discurso, que o professor de geografia não se posicionou no jogo. Há algumas semanas, o próprio Leifert fez uma fala ao vivo apoiando a denúncia de João Luiz diantes das atitudes do participante já eliminado Rodolffo, conforme já contamos aqui no Hypeness.

Tiago Leifert poderia estar se referindo ao posicionamento de João, eliminado com 58,86% dos votos, no início do jogo, quando foi considerado “planta” pelo público por não aparecer em muitas brigas de maneira agressiva, apesar de ter dado sua opinião de forma coerente quando solicitada. Mas o discurso acabou soando punitivo para o momento atual do jogo, o que reflete na escolha do público. 

– Cancelamento e reality shows: ‘Prosa’ debate tema polêmico com Aline Ramos e Chico Barney

Eliminação de João é associada com punição por denunciar racismo

– ‘BBB’: Pocah diz que ‘pessoas morrem por brincadeiras assim’ e chama atenção de Rodolffo por ‘piada’ com saia de Fiuk 

João estava no paredão com participantes que cometeram muitos erros, como Arthur e seu relacionamento tumultuado com Carla Diaz. Foi o professor, porém, que acabou eliminado, coincidentemente ou não, após manifestações de que sua denúncia de racismo contra Rodolffo teria sido um “mimimi” ou algo para torná-lo vítima ou protagonista do jogo – como se ele tivesse planejado a violência que sofreu.

Grande parte do público, nesta quinta-feira (22), quis mais do que eliminar o professor, quis puni-lo por ousar falar sobre algo que o machucou e Tiago Leifert pareceu ter entrado nessa narrativa. A eliminação de João Luiz do “BBB 21” é compreensível, uma hora deveria acontecer, considerando que existem competidores com mais chances de ganhar. A forma como aconteceu, porém, não pode ser. 

João, por sua vez, se mostrou satisfeito com sua jornada, que incluiu a promoção de debates importantes como a autoestima da população negra e o racismo recreativo. “Pra mim, rever isso é muito forte, mas fico muito feliz comigo mesmo por ter conseguido fazer isso, de não deixar isso passar batido”, revelou em entrevista ao Gshow.

Publicidade

Foto: Reprodução / Globoplay


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
SP paralisa produção de vacinas contra covid por falta de insumos