Debate

‘BBB’: Ludmilla explica pedido de respeito após comentário racista de Rodolffo

Karol Gomes - 05/04/2021

“Respeita o nosso funk, respeita a nossa cor, respeita o nosso cabelo”, disse Ludmilla em seu show ao vivo no horário nobre da TV Globo. A cantora se apresentou em uma festa do ‘Big Brother Brasil 21’, no último sábado (3). 

A visita de Ludmilla à casa mais vigiada do Brasil aconteceu logo depois de um caso de racismo lá dentro. O participante João Luiz teve seu cabelo comparado por Rodolffo ao de um ‘homem das cavernas’ tema da fantasia do castigo do monstro, dinâmica que acontece dentro do jogo. 

Rodolffo protagonizou ato de racismo contra João no ‘BBB’

João chegou a chorar ao contar sobre a conversa para a amiga Camilla de Lucas. “Eu não pareço um homem das cavernas porque meu cabelo é assim”, disse o professor de geografia. 

Ludmilla se posiciona 

Horas antes do show, Ludmilla já havia se solidarizado com João e, durante sua apresentação na festa, deu um jeito de fazer isso presencialmente. “João, muita força nesse momento, seu black é lindo! É muito difícil passar por situações como essa, mas temos que manter a nossa cabeça erguida sempre e termos voz ativa pra que nos respeitem”, escreveu a funkeira nas redes sociais.

– Carla Díaz chora ao falar sobre câncer de tireóide: ‘Muita coisa mudou’

– ‘BBB21’: influencer causou polêmica ao gravar vídeo cuspindo na boca de gato

Se perceberam que era um recado, não dá pra saber, mas João e Camilla comemoraram o posicionamento de Ludmilla no show, assim como vários internautas que acompanharam a festa.  A própria Ludmilla falou sobre seu desabafo e negou que tenha interferido na dinâmica do jogo. 

Ludmilla negou interferência no jogo

A funkeira advertiu que a fala foi direcionada ao produtor muscial Rick Bonadio, que minimizou a exaltação do funk no ‘Grammy’ e Val Marchiori, que venceu processo de racismo movido por Ludmilla. A cantora acusa Val de inúria após  ter seu cabelo comparado, de forma preconceituosa, com Bombril.

“Acabei de chegar no hotel. Que show maravilhoso! Quanto tempo eu não subia no palco assim pra cantar, pra dividir energia. Foi muito bom, eu tô aqui muito feliz. Pra galera que tá falando que eu interferi no jogo ou alguma coisa do tipo, se vocês não sabem, semana passada eu acabei perdendo na justiça pra uma racista e o juiz alegou liberdade de expressão. E ainda quer que eu pague os honorários dos advogados dela. Dorme com esse barulho aí”, explicou Lud.

– Cancelamento e reality shows: ‘Prosa’ debate tema polêmico com Aline Ramos e Chico Barney

– ‘BBB’: Nego Di é notificado judicialmente pela Globo e Projota chora no ‘Mais Você’

Preconceito na roça?

Essa não é a primeira vez que Rodolffo ofende brothers no reality. Seu comentário preconceituoso sobre o fato de que Fiuk gosta de usar saias, vestidos e outras peças consideradas do vestuário feminino, foi motivo para o então líder, Gilberto, mandá-lo para o paredão.

– ‘BBB’: Arthur é alvo de pedidos de expulsão após fãs denunciarem beijo forçado em Carla Diaz

 

O cantor sertanejo ainda levou uma bronca de Pocah. “É, mas esse tipo de brincadeira ofende, machuca e tipo assim, é uma causa… Você ofende muitas pessoas. E aí, o que acontece, lá fora pessoas morrem por conta de brincadeiras assim”, argumentou a cantora, quando o brother disse que até a família de Fiuk fazia comentários sobre o jeito dele se vestir. “Não é porque eles falam que tudo bem a gente falar também”, concluiu. 

Após voltar desse paredão, Rodolffo disse acreditar que “não foi cancelado” aqui fora e que o público está ao lado dele. De Goiás, o brother argumenta ainda que as pessoas dentro da casa precisam ter paciência e ensiná-lo sobre estes temas, pois ele teve muito acesso à informação e foi “criado na roça”. A declaração do brother gerou memes na internet. 

Publicidade

Fotos: Reprodução/TV Globo/Globoplay


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Mulher descobre por reflexo traição de namorado que jurava estar assistindo as Olimpíadas