Arte

‘Festival Afrikanse’ conecta Brasil com Angola, Cabo Verde e Togo

Redação Hypeness - 08/04/2021

Uma união entre Brasil e Angola chega para celebrar e fortalecer a cultura de matriz africana. O Festival Afrikanse, que acontece de forma virtual entre 13 e 18 de abril, traz personalidades de diversos países africanos para giras de conversa, vivências artísticas e o tradicional Sarau Afrikanse.

Neste movimento de exaltação às expressões culturais de dois continentes, o evento busca gerar protagonismo ao legado ancestral e diaspórico tanto nas atrações para o público quanto nos bastidores, totalmente conduzido por profissionais negros e balizado por um intenso trabalho de mapeamento e conexão entre artistas e pensadores.

O festival é organizado por Ermi Panzo (Angola) e Rita Teles (Brasil), produtores que viabilizaram, em parceria com o Sesc, as edições de 2018 e 2019 da Semana Afrikanse.

Prudence Kalambay (República Democrática do Congo)

Prudence Kalambay (República Democrática do Congo), Vensan Iala (Guiné Bissau) e Hanayrá Negreiros (Brasil)

“Há um contexto político na realização e seleção dos artistas e dos demais profissionais que participam do festival”, conta Rita, que defende a iniciativa como um fator de empoderamento. Panzo destaca que “alguns destes artistas, africanos residentes no Brasil, enfrentam de várias formas um preconceito velado quanto à sua situação de imigrantes. É preciso desfazer este paradigma”.

A abertura dessa conexão África + Brasil será marcada pela bênção das Mamas. A roda de conversa destaca as figuras femininas na cultura de matriz africana e conta com a participação de Nega Duda (Brasil), Melanito Byouz (Camarões), Dona Jacira (Brasil) e Dona Engracia (Angola).

Melanito Byouz (Camarões), Kunta Kinté (Senegal) e Nega Duda (Brasil)

No segundo dia da programação, é a vez da gira “Conexão Artes Visuais” com os artistas Mumpasi Meso (República Democrática do Congo), François Muleka (Brasil) e Jesse Jane (Moçambique).

A moda é assunto da gira “Estética e Resistência”, que reúne profissionais do setor para um debate sobre empoderamento e valorização do segmento em vestuário e estilo. Participam dessa gira Nana Milumbe (Brasil), Tekasala (Angola), Hanayrá Negreiros (Brasil) e Tchiloya Vagnaide (Angola).

A atividade literária não poderia ficar de fora do evento, se apresentando no tema da gira de conversa “Narrativas Literárias”, que acontece no dia 16 de abril, com as participações de Akins Kinté (Brasil) e Kunta Kinté (Senegal). Neste encontro os artistas compartilham similaridades em seus processos de criação artística da palavra falada e da palavra cantada (ritmo + poesia).

Kunta Kinté (Senegal)

Kunta Kinté (Senegal)

O penúltimo dia da programação está reservado para uma vivência entre criadores de tendências e influenciadores sobre novas formas de pensar e revisitar as diversas culturas das áfricas na diáspora contemporânea com a participação de Mister Prav (Benin), Ndeye Fatou Ndiaye (Brasil-Senegal) e Vensan Iala (Guiné Bissau).

Já o encerramento do Festival Afrikanse leva ao público o tradicional Sarau Afrikanse. O espetáculo multilinguagem, apresentado pela artista e ativista de direitos humanos Prudence Kalambay (República Democrática do Congo), conta com a participação de renomados artistas africanos já estabelecidos na diáspora brasileira: Fanta Konaté (Guiné Conacri), Ermi Panzo (Angola), Daphney Mapaseka Tukisi (África do Sul), Vocal Kuimba (Angola), Tyno Val (Togo), Vindas d´África (Cabo Verde e Angola), Jessica Areias (Angola) e outros.

Prudence Kalambay (República Democrática do Congo)

Prudence Kalambay (República Democrática do Congo)

As transmissões do Festival Afrikanse ocorrem simultaneamente via página do Facebook da Núcleo Coletivo Das Artes e também no canal do YouTube das Edições Afrikanse.

Programação:

As Mamas – Mulheres em Conexão – 13/4, às 16h
Com Nega Duda (Brasil), Melanito Byouz (Camarões), Dona Jacira (Brasil) e Dona Engracia. (Angola)

Conexão Artes Visuais – 14/4, às 16h
Com Mumpasi Meso (República Democrática do Congo), François Muleka (Brasil) e Jesse Jane (Moçambique)

Estética e Resistência – 15/4, às 16h
Com Nana Milumbe (Brasil) Tekasala (Angola), Hanayra Negreiros (Brasil) e Tchiloya Vagnaide (Angola)

Narrativas Literárias – 16/4, às 16h
Com Akins Kinté (Brasil) e Kunta Kinté (Senegal)

Rotas Contemporâneas – 17/4, às 16h
Com Mister Prav (Benin), Ndeye Fatou Ndiaye (Brasil-Senegal) e Vensan Iala (Guiné Bissau)

Sarau Afrikanse – 18/4, às 16h
Convidados: Prudence Kalambay (República Democrática do Congo), Fanta Konaté (Guiné Conacri), Ermi Panzo (Angola), Daphney Mapaseka Tukisi (África do Sul), Vocal Kuimba (Angola), Tyno Val (Togo), Vindas d´África (Cabo Verde e Angola), Jessica Areias (Angola) e outros.

Publicidade

Fotos: Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.