Arte

Luzes e cores das colinas e casas de Los Angeles são inspiração para esse pintor

Vitor Paiva - 30/04/2021

As luzes, cores e a beleza das colinas de Los Angeles são o foco da inspiração do pintor californiano Seth Armstrong. Não é por acaso que elas são um dos pontos residenciais mais cobiçados da cidade: além da vista que oferecem a quem mora em seus pontos mais altos, elas próprias formam a bela e singular paisagem da região – e é essa singularidade e beleza que o artista retrata em seus quadros, mirando não a vista, mas as próprias matas e casas que formam esse preciso cenário estadunidense.

Pintura do artista Seth Armstrong

“November” (Novembro)

-Fotógrafo capta a fantástica ascensão da lua no céu de Los Angeles

Cores e luzes são tudo que basicamente penso quando estou pintando”, afirma o pintor, em matéria para o site Colossal. Seu trabalho em tinta óleo sobre madeira parece iluminar ainda mais e com brilho especialmente intenso a aparência das vegetações e residências em um aparente perpétuo nascer ou pôr-do-sol nas suas telas. “As pinturas se tornam para mim mais do que uma representação de luz e cor – essa é a relação pessoal que eu estabeleço”, afirma.

Pintura do artista Seth Armstrong

“September” (Setembro)

Pintura do artista Seth Armstrong

“Purple Mountain” (Montanha púrpura)

-Esta ponte iluminada em floresta da Indonésia parece saída de um sonho

Na visão do artista, alguns de seus trabalhos ganharam contornos ainda mais profundos pelas condições que a pandemia e a quarentena impuseram. “Eu fiz essa pintura logo antes de estarmos todos quarentenados, e agora parece assustadoramente apropriada”, comentou, em seu site, a respeito do quadro “Homebody”, disposto abaixo, realizado em março do ano passado. A maioria dos quadros dessa coleção foi pintada ao longo de 2020.

Pintura do artista Seth Armstrong

“Homebody” (Caseiro, em tradução livre)

Pintura do artista Seth Armstrong

“Pink moment” (Momento rosa, em tradução livre)

-Fotógrafo explora as cores do pôr do sol de Milão em fotos tiradas com smartphone

Uma exposição do artista está preparada para a galeria Unit London, na capital inglesa, onde a “delicada luz crepuscular de sua nativa LA” será exposta, segundo site da galeria. “Ele brinca com a qualidade emocional afetiva das luzes quentes e frias, sol e sombra, fascinado pela maneira com que ‘os tijolos e concretos absorvem a luz e o calor durante o dia e parecem radiar de volta para o ar noturno’”, diz. O trabalho de Armstrong pode também ser visto pelo perfil do artista no Instagram.

Pintura do artista Seth Armstrong

“March” (Março)

Pintura do artista Seth Armstrong

“Green House” (Casa verde)

Pintura do artista Seth Armstrong

“5:30”

Publicidade

© artes: Seth Armstrong/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
NFT levanta debate ético ao prometer destruição de obra de Basquiat ao comprador