Inspiração

Maju Coutinho e Kamala Harris inspiram encantadora de garotinha de 8 anos

Redação Hypeness - 29/04/2021

Representatividade é o que vai nos levar além e a menina Clara Larchete, de 8 anos, tem como provar. Quando sua mãe, Daiane Larchete, se deu conta de que a filha estava sofrendo racismo na escola, viu nas mulheres negras poderosas da nossa história uma forma de conversar sobre o tema e inspirar a menina.

Tudo começou quando Daiane viu em um trabalho da escola, uma releitura que a filha fez de uma foto de Tarsila do Amaral. A partir daí criou uma forma linda de ensinar sobre representatividade, amor próprio e auto estima: criando releituras de imagens de grandes mulheres negras.

Clarinha homenageia Michelle Obama em seu Instagram

Clarinha homenageia Michelle Obama e outras mulheres negras em seu Instagram

Em sua conta no Instagram, Clarinha aparece homenageando a escritora Conceição Evaristo, a primeira negra eleita deputada estadual no Brasil, a jornalista e apresentadora Maju Coutinho, a ativista pela educação Kamala Harris, a socióloga, política e defensora dos direitos humanos Marielle Franco, a ativista norte-americana Rosa Parks, entre muitas outras.

Kamala Harris inspira encantadora de garotinha de 8 anos

Kamala Harris inspira encantadora de garotinha de 8 anos

Além das releituras em imagens, as legendas contam a história da mulher homenageada. O aprendizado então serviu para as duas, já que Daiane acaba conhecendo novas personagens a cada pesquisa.

“Tem algumas mulheres ali que a gente fez a releitura e eu não conhecia. Um exemplo é a história da Tereza de Benguela. Eu nunca tinha escutado fala dela. Para fazer as fotos eu pesquiso, e depois falo para a Clara. A Tereza foi uma líder quilombola, do Quilombo do Quariterê. E eu tento contar essa história de forma bem clara e que ela entenda. As histórias que eu pego também não são lúdicas, são todas reais e muito importantes, e que acabam se tornando uma inspiração de resistência para a Clara”, disse Daiane em entrevista à Marie Claire.

 

O que começou como uma brincadeira e uma forma de falar com a filha, se tornou um lindo projeto que pode ser referência para outras crianças que sofrem com discriminação. No caso da Clara, inspirou inclusive sua escola a fazer um projeto sobre racismo.

“A luta, para a mulher negra e para o homem negro, é muito mais difícil. Algumas pessoas julgam você incapaz pela cor da pele que você tem”, afirma Daiane em entrevista ao UOL.

Confira mais homenagens feitas por Clara e Daiane:

 

Publicidade

Fotos: Clara Larchete @clarinha_larchete


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.