Ciência

Nasa dá detalhes de suposto arco-íris fotografado em Marte

Redação Hypeness - 08/04/2021

A Nasa explicou que o aparente arco-íris, que internautas enxergaram em uma fotografia da Marte não passa de um fenômeno provocado pelo reflexo da luz na lente fotográfica. De acordo com a agência espacial americana, “arco-íris não é possível aqui (em Marte)”. 

A Nasa explicou na conta oficial do robô Perseverance, autor do clique, que “arco-íris são criados pela luz refletida em gotículas de água redondas, mas não há água suficiente aqui para condensar e é muito frio para a água líquida na atmosfera. Esse arco é reflexo da lente”, pontuou.

– Nasa publica fotos de dunas em Marte com água congelada

Nasa dá detalhes de suposto arco-íris fotografado em Marte

Arco-íris são comuns na Terra. Eles aparecem após chuvas, surgindo quando a luz do Sol atravessa as gotas de água no ar, incidindo sobre as gotículas de água para causar a refração que faz a luz do sol, que é branca, se decompor em sete cores. São elas vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta. O fenômeno nem sempre pode ser visto, pois dependem não só do ângulo de incidência da luz nas gotículas de água na atmosfera, como da posição do observador.

– Estas são as melhores fotos de 7 anos de expedição da Nasa em Marte

De acordo com informações do G1, o “flare”, ou “lens flare”, é um “defeito” na captação de uma imagem quando a luz entra pelas extremidades da lente das câmeras. Esse problema pode causar diversos tipos de manchas, tendo com mais comuns formatos circulares ou hexagonais.

Robô Perseverance

O robô pousou em Marte em 18 de fevereiro, sete meses depois de a missão ter partido dos Estados Unidos. Essa não é a primeira vez que a Nasa envia robôs ao planeta vermelho, em outras missões foram constatados que, antes de se tornar um deserto gelado, o Marte era quente o suficiente para abrigar oceanos de água líquida.

– Marte tem terremotos fortes registrados por sonda; abalo é provocado por vulcão

O próximo passo na missão do Perseverance é tentar responder se há sinais concretos de vida microbiana passada em Marte, uma das grandes questões da astrobiologia. Ele também coletará amostras de rochas que serão trazidas à Terra no futuro e testará tecnologias pioneiras para uma eventual presença humana em Marte. 

Publicidade

Foto: Reprodução/Nasa


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.