Debate

Nova York anuncia vacinação contra covid-19 de jovens entre 16 e 29 anos

Yuri Ferreira - 06/04/2021

O estado de Nova York anunciou que irá começar a imunizar jovens entre 16 e 29 anos de idade já nessa terça-feira (6). Com isso, NY se torna o trigésimo quarto dos Estados Unidos a iniciar a vacinação de pessoas membras desta faixa etária.

– Vacinas contra covid-19 protegem mulheres grávidas e recém-nascidos, diz estudo 

Posto de vacinação no bairro do Queens, em Nova York. 40% da população do estado foi vacinada com pelo menos uma dose do imunizante

Vacinação avança rápido nos EUA 

Serão distribuídas mais de 1 milhão e 700 mil doses ao redor do estado, que conseguiu vacinar mais de 15 milhões de ianques até agora. Cerca de 40% da população que vive em Noba York já foi imunizada com pelo menos uma dose. Outros 25% já recebeu duas doses. Os Estados Unidos estão utilizando os vacinas produzidas pela Pfizer, Janssen e Moderna e observam uma gradativa redução no número de infecções e mortes por covid-19.

– Vacina e racismo: brancos são 2 vezes mais vacinados do que negros, diz Agência Pública 

Pessoas entre 16 e 18 anos poderão ser vacinadas apenas com as doses da Pfizer-BioNtech, pois foi a única testada nesta fatia população até agora. Os outros 16 estados norte-americanos que não começaram a aplicar a vacina em cidadãos de 16 anos já divulgaram as datas para iniciar o processo.

Andre Cuomo, governador de Nova York, já foi vacinado; EUA fazem campanha de vacinação mais rápida da história sob o comando de Joe Biden

Segundo dados do Our World In Data, a potência econômica é o país que mais vacinou pessoas no mundo e responde por 25% das doses distribuídas no planeta Terra.

– Vacina: demora, corrupção e privilégios ameaçam a imunização brasileira 

Mais de 30% da população americana já recebeu pelo menos uma dose do imunizante. No Brasil, ainda estamos em 8%. Os EUA observam a média móvel mortes em queda livre desde fevereiro. No nosso país, os números só crescem desde novembro do ano passado, chegando ao seu maior nível histórico nas últimas semanas. Quase 400 mil pessoas perderam a vida vítimas da covid-19 no Brasil.

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness.