Empreendedorismo

Real Braids une clientes e trancistas e faz dinheiro girar entre mãos negras

Kauê Vieira - 15/04/2021

Cabelo. Eis um assunto importante em nossas vidas. Penteados dos mais variados, cores, estilos e até tema de música. A verdade é que a gente gosta mesmo é de madeixas bonitas e que representem quem somos. 

Pessoas negras possuem uma relação, digamos, mais complexa quando o assunto é cabelo. Embora sejam portadores de fios que apresentam um infinito de oportunidades – dreads, black power, tranças, raspado -, pretos e pretas sofrem com o dilema entre dar liberdade para os fios serem o que quiserem e o racismo sistêmico e explícito que assola nossa sociedade. 

Leia também: Ismael Ivo: Deus negro do Ébano que o Brasil não conhecia e o mundo reverenciou

Se uma pessoa negra com seu cabelo não tem paz em um dos reality shows mais assistidos da televisão brasileira, o que dirá no convívio diário em uma sociedade cruel e que se nega a encarar o racismo como uma de suas patologias mais nocivas.

A escritora Conceição Evaristo acompanha o Miss Black Power, no RJ

Empreendendorismo negro e tecnologia 

Fato é que o avanço tecnológico proporcionado pelas redes sociais permitiu resultados consistentes. Você, certamente, já viu um pretinho ou uma pretinha desfilando por aí com seu black power, não é mesmo? A quantidade de pessoas, principalmente mulheres negras, que passaram pela transição capilar não para de crescer. 

Isso se dá, em grande maneira, pela forma com que criadores de conteúdo de pele preta se apossam das tecnologias da informação para acabarem com estereótipos racistas sobre os cabelos crespos

Um dos exemplos desse universo que é muito mais do que apenas a questão estética, é o Real Braids (tranças reais em tradução livre), um aplicativo que conecta trancistas com seus clientes e, além de promover a autoestima, ajuda na movimentação da economia, principalmente entre pretos. 

O Real Braids une trancistas e clientes

O Hypeness conversou com seu criador, o desenvolvedor de aplicativos Gabriel Nogueira, que teve a ideia como uma espécie de ato de amor para sua namorada. “A ideia surgiu depois que eu percebi uma certa deficiência no quesito de atendimento”, diz ele. 

Gabriel explica ter percebido tal déficit no dia a dia da namorada, a trancista Giovanna. “Se você entrar em contato com uma trancista e ela não responder de imediato, o que as pessoas costumam fazer? Procurar outra, certo?”

O Real Braids chega como um facilitador. Ele se apossa da tecnologia para criar uma ponte entre os dois universos: cliente e prestador do serviço. Além de genial, a ideia é fundamental para tentar amenizar os danos em um mercado empreendedor ainda precário. 

Você já deve ter visto manchetes de jornais ou revistas destacando o fato de que negros são maioria entre empreendedores no Brasil. Parece uma notícia a ser celebrada, certo? Acontece que o cenário se transforma radicalmente com uma análise além das letras grandes expostas nas bancas de revista. 

O Portal Correio Nagô destrinchou a notícia para trazer um dado alarmante escondido pelo racismo. Empresários brancos ganham, em média, 112% a mais em comparação com negros. O racismo se coloca como a principal barreira para o sucesso de empreendedores pretos. 

Pessoas negras possuem relação complexa com o cabelo por causa do racismo

Renato Carneiro, um dos estilistas mais importantes do Brasil, disse em entrevista ao Hypeness que conseguir aprovação de crédito junto ao banco era um de seus maiores desafios. Carneiro está à frente da Katuka Africanidades, loja de Salvador especializada em roupas e literatura negra. 

Temos um afastamento pela estrutura toda do racismo que te coloca distante das possibilidades de créditos, das formas e até você entender que pode também, é um processo demorado. Não é tão simples, pelo menos pra minha geração. Eu tenho 46 anos. Uma das maiores dificuldades que nós (Katuka) tivemos nas lojas foi estabelecer relações de crédito, vou chamar assim. Seja com os bancos, seja com os fornecedores, a relação se dá sempre a partir da desconfiança, de que você não vai cumprir prazos, sabe? É muito louco isso! Sempre ocorreu comigo e até hoje ainda ocorre. Eu acho que esse é um grande impedimento e muitas pessoas desistem nesse momento. Você tem que pedir um financiamento no banco e a gente vai ser sempre olhado como ‘quem é você?’ e vão pedir o dobro de documentos.

Real Braids

O aplicativo Real Braids é dividido em versões diferentes para clientes e trancistas. “Dentro do aplicativo, o cliente poderá localizar os trancistas mais próximos e dessa forma poderá ver os trabalhos já feitos”. 

Estas são as funções à disposição dos trancistas: 

*Cadastro de Categorias

*Cadastro de Penteados

*Formas de Pagamento

*Notificações

*Cadastro de Horário/Datas

*Agenda com Serviços Concluído/Em Andamento. 

*Endereço(Para aparecer no mapa)

Gabriel ressalta que “cada Trancista tem seu ambiente próprio para fazer todas essas adições. E os clientes, terão acesso a tudo isso. E então, é só o cliente escolher o que deseja, e prontinho”.

Dissemos no início desta matéria que o Real Braids nasce para suprir uma demanda da namorada de Gabriel. Giovanna, que é trancista no Rio de Janeiro, foi o motivo de inspiração para o trabalho do desenvolvedor. 

“O aplicativo facilita bastante o atendimento dos clientes e trancistas. É uma economia de tempo muito grande, pois quando o cliente escolher o que ele quer, todas as informações já chegam para o trancista”, pontua Gabriel. 

Gabriel desenvolveu o Real Braids para facilitar a vida da namorada, Giovanna

O Real Braids reúne dados importantes na hora de trançar um cabelo, como o penteado, tamanho, cor, o preço com e sem material, hora e dia da sessão e se a pessoa vai até ou trancista ou vice-versa. 

Giovanna, também em entrevista ao Hypeness, diz que já vem sentindo os efeitos da tecnologia em sua rotina de trabalho. 

Consegui mais clientes e ganhei alguns seguidores a mais na minha página do Instagram. Algumas clientes que solicitaram eram de São Paulo e entraram em contato também. Ainda preciso acrescentar mais serviços e horários, mas tem me ajudado bastante.Consegui organizar melhor meus serviços e ter controle de quantos clientes eu atendo durante o mês. 

Gabriel Nogueira é um jovem negro apaixonado por tecnologia. “Sempre gostei e não consigo me enxergar em outra área. Adoro a parte de gestão de T.I e programação, áreas onde auto”. 

O responsável pelo Real Braids assinala que a tecnologia é “ferramenta de inserção para o povo preto. Através da tecnologia, podemos por exemplo oferecer serviços específicos e que não comumente vistos na sociedade. Então, a tecnologia em si é uma ótima ferramenta para isso”.

Acesse o Real Braids no Instagram: 

https://www.instagram.com/real_braids/

Baixe o aplicativo do Real Braids: 

https://linktr.ee/realbraidsapp

Publicidade

Fotos: foto 1: Getty Images/foto 2: Reprodução/Instagram/foto 3: Getty Images/foto 4: Reprodução/Instagram


Kauê Vieira
Nascido na periferia da zona sul de São Paulo, Kauê Vieira é jornalista desde que se conhece por gente. Apaixonado pela profissão, acumula 10 anos de carreira, com destaque para passagens pela área de cultura. Foi coordenador de comunicação do Projeto Afreaka, idealizou duas edições de um festival promovendo encontros entre Brasil e África contemporânea, além de ter participado da produção de um livro paradidático sobre o ensino de África nas Escolas. Acumula ainda duas passagens pelo Portal Terra. Por fim, ao lado de suas funções no Hypeness, ministra um curso sobre mídia e representatividade e outras coisinhas mais.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Empreendedorismo social: negócios que fazem a diferença na vida das pessoas