Debate

Vereador usa facão para abrir caixão e ‘provar’ que homem não morreu de covid

Redação Hypeness - 27/04/2021

O Brasil realmente não é para amadores. Um vereador da cidade de Santa Bárbara do Leste, em Minas Gerais, será investigado pela polícia após cometer uma série de violações sanitárias para gravar vídeos para redes sociais.

William Farias (PT-MG) acabou ganhando repercussão nas redes sociais depois de abrir o caixão de um idoso que morreu de insuficiência respiratória. O parlamentar municipal desejava ‘provar’ que o senhor de 92 anos não havia falecido por causa da covid-19. Ele pediu que o homem tivesse um velório adequado.

– Serrana aposta em vacinação em massa e apresenta queda em casos graves de covid-19 

Vereador queria “provar” que idoso de 92 anos não havia morrido de covid-19 abrindo seu caixão. Como? Não entendemos.

Resumo da ópera

O senhor de 92 anos teve insuficiência respiratória e precisou de ser intubado. O patriarca acabou falecendo após a intubação. Foi realizado um teste rápido de anticorpos (IgG-IGM), cujos resultados costumam aparecer apenas oito dias depois da infecção, mesmo assim a família botou na cabeça que ele não podia ter tido covid-19.

– William Bonner chama de ‘loucos’ negacionistas da pandemia de covid-19: ‘Mentiras absurdas’ 

“Por ser intubado, ele não aguentou a intubação. Foi feito o teste de Covid rápido e deu negativo. Então, ele foi para o Casu. Chegou no Casu, ele nem ficou tanto tempo. Era para terem colocado no prontuário médico, pois se é suspeita de Covid, a família tem que saber”, disse a neta do idoso, Graziela Vieira do Carmo, ao G1 Minas.

E o Brasil segue sofrendo com a falta de vacinas contra a covid

O idoso foi submetido ao teste PCR, que informa se havia resquícios do vírus no sistema respiratório. O resultado sairia em três dias, mas o senhor William Faria achou que prova melhor seria ele abrir desnecessariamente o caixão de um falecido para dar show nas redes sociais.

“Nós não podemos enterrar um cidadão com dúvida. Não é simplesmente pegar um cidadão e empacotar ele e falar que é Covid. A gente tem que ter certeza do que está fazendo”, afirmou o vereador.

– Covid: site calcula quando você será vacinado; resultados não animam 

Confira vídeo da bizarrice:

Agora, William será investigado por crime de infração de medida sanitária preventiva. A Polícia Civil acredita que a medida do vereador foi absolutamente errônea, pois o caixão envelopado é recomendado pelos protocolos de saúde quando há suspeita de morte pelo novo coronavírus.

“A Câmara Municipal esclarece que a conduta do vereador será devidamente investigada por uma Comissão Parlamentar de Inquérito. Tão logo o processo seja concluído, daremos maiores esclarecimentos sobre as medidas adotadas em razão deste lamentável evento”, concluiu Altair Nunes Ferreira, presidente da Câmara de Santa Bárbara do Leste.

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/Twitter/foto 2: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.