Inspiração

Beyoncé homenageia Paulo Gustavo, morto vítima de covid, em seu site oficial

Karol Gomes - 05/05/2021

Beyoncé, uma das maiores artistas do mundo, incluiu um tributo ao humorista brasileiro Paulo Gustavo em seu site oficial. O ator, que morreu nesta terça-feira (4) vítima de Covid-19, era um grande fã da cantora e esteve presente em muitos de seus shows internacionais. 

“Paulo Gustavo, descanse em paz” é a mensagem deixada na página inicial do site de Beyoncé. Ao lado, uma foto do ator, que ficou internado por 53 dias lutando contra infecções causadas pela doença. 

– Paulo Gustavo mexeu a cabeça, diz amiga após visita: ‘Especial’

Paulo Gustavo recebeu homenagem no site de Beyoncé

A página da cantora é usada também para parabenizar aniversariantes e celebrar datas marcantes da carreira dela e de causas apoidadas pela norte-americana, entre elas a defesa da vida de pessoas negras e os direitos LGBTQI+. Antes de Paulo Gustavo, Beyoncé já publicou sobre o aniversário de morte de James Brown, em 3 de maio, e o aniversário de 29 anos de Travis Scott, em 30 de abril.

– Pastor cita ‘honra de Deus’ ao se desculpar por desejar morte de Paulo Gustavo 

O humorista tinha muitos registros em suas redes sociais de momentos únicos em shows de Beyoncé. Paulo até conseguiu contatos breves com a diva da música pop. Em uma dessas apresentações, em 2013, em Nova York, nos Estados Unidos, Paulo Gustavo conseguiu pegar a toalha arremessada por Beyoncé na apresentação.

Paulo Gustavo ganhou uma toalha em um show de Beyoncé

– ‘Tim Maia da Paulista’, Jonathan Neves morre de covid-19 e é homenageado por perfil do músico

O humorista de 42 anos também se inspirava nas apresentações da cantora para criar para o seu próprio programa, o “220 Volts”, cheio de esquetes de humor, e que era exibido no Multishow. Paulo Gustavo também brilhou em séries como “Vai que Cola” e “A Vila”. 

Em 2013, o ator conseguiu levar também, do teatro para as telonas, o “Minha Mãe é uma Peça”, espetáculo em que ele apresentava Dona Hermínia, inspirado na própria mãe. O filme foi um sucesso e ganhou mais duas continuações. A última, de 2019, se tornou o título que mais levou brasileiros aos cinemas. 

– Essa rede online de doadores avisa quando um banco de sangue da sua região precisa da sua doação 

Uma morte que poderia ter sido evitada

Paulo Gustavo já havia demonstrado medo do coronavírus, pois tinha comorbidade: o ator tratava a asma – motivo que justificaria a necessidade dele e de muitos brasileiros com condições parecidas de já terem sido vacinados – algo utópico de se pensar em um país cujo governo rejeitou onze vezes ofertas de vacina, incluindo da Pfizer

– Paulo Gustavo e marido anunciam o nascimento de filhos gêmeos

Sem a vacina, o ator foi contaminado e passou 53 dias na Unidade de Tratamento Intensivo em um hospital no Rio de Janeiro com um quadro instável, apresentando melhoras e pioras, e a necessidade de respirar por pulmão artificial, o ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea). 

Na noite de terça-feira (4), após apresentar quadro irreversível de embolia gasosa, o ator deixou dois filhos, Romeu e Gael, o marido Thales Bretas e muitos fãs, incluindo Beyoncé. 

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/Beoncté/foto 2: Reprodução/Paulo Gustavo/Facebook


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.