Sustentabilidade

Ciência desenvolve plástico que se recicla ‘eternamente’

Redação Hypeness - 11/05/2021

O uso indiscriminado de plástico em embalagens é um dos grandes problemas do meio ambiente. Ainda mais porque a possibilidade de reciclagem do material pode não ser uma boa ideia por conta dos aditivos que recebe ao longo de sua cadeia produtiva, como corantes. Isso pode enfraquecer a estrutura original do plástico e acaba prejudicando sua reutilização.

15 imagens que vão fazer você repensar (mesmo) o uso do plástico

Para combater esses problemas de longa data, a cientista Corinne Scown, do Lawrence Berkeley National Lab, da Universidade da Califórnia, e seus colegas de trabalho desenvolveram um substituto com potencial. A polidicetoenamina (PDK) é um novo tipo de plástico que pode ser reciclado “infinitas vezes”. Esse material pode ser decomposto e reciclado sem que isso altere sua qualidade.

O plástico é feito da interligação de moléculas iguais chamadas de monômeros. Quando os monômeros se juntam, eles formam polímeros. O que acaba acontecendo é que, quando o plástico é reciclado e vai ser reutilizado, o fabricante precisa adicionar também plástico virgem para que o produto não saia com uma qualidade inferior. 

Plástico está presente em quase 100% dos peixes da Amazônia, revela novo estudo

O plástico PDK por ser reciclado infinitas vezes sem perder a qualidade. Todos os componentes desse material podem ser quebrados e receber uma segunda vida sem afetar a qualidade do plástico. 

O plástico PDK tem um outro benefício. Ele pode ser derretido por meio da utilização de ácido e não somente calor. Isso ajuda a reduzir os níveis de emissão de carbono em um processo de reciclagem. Os cientistas descobriram que 100% dos monômeros de PDK podem ser reaproveitados. 

A natureza e o meio ambiente como inspiração para as loucas pinturas de Robert Connett

Ainda é cedo para pensar na utilização de PDK em larga escala. A produção desse material tem um custo de dez a 20 vezes a do plástico normal. Para fabricá-lo, é necessária a utilização de uma série de componentes químicos bastante específicos. A produção de PDK virgem é mais cara do que a de plástico virgem. No entanto, a reciclagem desse novo material é mais barato do que a produção desse mesmo plástico virgem. 

Atualmente, o PDK ainda não é tão versátil quanto o plástico comum. Os pesquisadores procuram formas de diversificar as aplicações do produto, além de buscar empresas privadas que queiram utilizar o material em larga escala.

Publicidade

Fotos: Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Com florestas transformadas em pastos, município do Pará tem alta de temperatura