Ciência

Covid: Brasil pode demorar mais de 600 dias para vacinar população

Redação Hypeness - 25/05/2021

O grupo ModCovid19, formado por pesquisadores de todo o país, estimou quanto tempo vai levar para que a vacinação contra a Covid-19 termine no Brasil. A previsão não é das mais motivadoras: o cálculo resultou em 610,3 dias, cerca de um ano e oito meses. Portanto, o primeiro ciclo da vacinação só acabaria em janeiro de 2023

Google tem sistema para busca de postos de vacinação contra covid; entenda

Senhora é vacinada no Museu da República, no Rio de Janeiro.

A pesquisa foi feita em parceria com o Instituto Serrapilheira e com o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (Cemeai). Os dados usados para a avaliação partiram do governo federal e os estudiosos consideraram o ritmo atual de vacinação, que tem 294,8 mil primeiras doses e 248,6 mil segundas doses aplicadas todos os dias. 

Na divisão por estados, São Paulo lidera a média de aplicações diárias com 63,3 mil primeiras doses e 42,5 mil segundas doses. No entanto, o ritmo atual levará a imunização a todos os cidadãos do estado em 801 dias (2 anos e 2 meses).

País mais vacinado do mundo tem alta nos casos de covid, mas é cedo pra dizer o que isso significa

Se tudo continuar no ritmo atual, o Rio de Janeiro terá vacinado todos os seus habitates em 573 dias (1 ano e 6 meses). Ainda de acordo com a mesma pesquisa, a Bahia acabaria a vacinação em 590 dias (1 ano e 7 meses) e o Distrito Federal em 570 dias (1 ano e 6 meses, aproximadamente).

Os dados estão disponíveis para quem quiser acessá-los. Basta clicar aqui e fazer uma pesquisa de acordo com a cobertura que você deseja. É possível acompanhar o ritmo da vacinação por estado e até município.

 

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Alicinha Cavalcanti, promoter famosa, morre vítima de doença rara