Debate

Covid: cepa indiana pode ter chegado ao Brasil por falha de vigilância

Redação Hypeness - 26/05/2021

Um homem passou por três cidades brasileiras possivelmente infectado com a variante indiana da covid-19. Segundo o GLOBO, uma falha da vigilância sanitária permitiu que homem andasse pelo país com o risco de ter a nova cepa do vírus, que causa um total colapso no sistema de saúde da Índia e pode desencadear uma terceira onda ainda mais letal em nosso país.

– Brasil pode chegar a 1 milhão de mortos por covid em 2022, diz Miguel Nicolelis

Variante indiana pode ser tão transmissível quanto a P.1 de Manaus, segundo especialistas

O homem teria chegado em um voo da Índia no Aeroporto de Guarulhos. Ele fez um teste RT-PCR antes de embarcar para o país, que deu negativo. Posteriormente, quando chegou ao Brasil, fez mais um teste. Enquanto o resultado do exame não saia, ele viajou para o Rio de Janeiro e, depois, para Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, onde procurou as autoridades após se sentir sintomas como dor de cabeça e rouquidão.

– Islândia conseguiu controlar a pandemia apostando na ciência 

Então, o resultado do teste deu positivo para covid-19. Os outros cem passageiros que desembarcaram no voo foram ordenados a cumprir quarentena de 14 dias.

O teste foi enviado à Fiocruz, que será responsável por sequenciar o vírus e descobrir se trata-se da variante indiano.

– Lockdown efetivo e vacinação em massa viabilizam reabertura de pubs no Reino Unido 

“O pior de tudo foi ele seguir viajando já com teste. A conduta é o pelo auto isolamento em locais adequados. Se a pessoa tiver condições, em um hotel com regras rígidas, com comida entregue no quarto e sem circulação. Se for um viajante sem dinheiro, as instituições públicas devem providenciar”, afirma a Lígia Bahia, especialista em Saúde Pública da UFRJ, ao GLOBO.

A variante indiana já chegou ao Brasil a partir de um navio que atracou em um porto no Maranhão. Seis pessoas foram infectadas pela nova cepa e outras 100 estão em observação no estado. O navio MV Shandong Da Zhi está impedido de atracar e está isolado para que novas pessoas não infectados.

O Ministério da Saúde colocou uma barreira sanitária na Rodoviária do Tietê que irá testar todos os pacientes que passaram pelo terminal com origem do Maranhão, para tentar conter a variante indiana do novo coronavírus.

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Idoso aceita nota falsa de R$ 420 e devolve R$ 320 de troco a golpista