Debate

Covid: voluntária é alvo de racismo de homem que se recusou ser vacinado por ela ser negra

Redação Hypeness - 20/05/2021

Uma enfermeira negra, voluntária na vacinação contra a COVID-19, sofreu ataques racistas no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) em Ilhéus, no sul da Bahia. Na última segunda-feira (17), um homem ainda não identificado se recusou a ser atendido por Thaís Carvalho por causa do seu tom de pele. 

Estudante de enfermagem, Thais Carvalho atua como voluntária na campanha de vacinação. Em entrevista ao UOL, ela contou que faz parte da campanha de aplicação da segunda dose da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em São Paulo. 

– Brasil é o país onde 81% veem racismo, mas apenas 4% admitem discriminação contra negros

– ‘BBB’: avaliamos o discurso de Tiago Leifert, que finalmente encarou o racismo recorrente no reality

Thais Carvalho está no 10º semestre (último ano do curso) de enfermagem

Thaís conta que o homem ficou na fila da para receber a aplicação mas, quando se deparou com ela, disse que não queria ser vacinado. “Mas o filho dele fazia a ficha para o pai receber a vacina. Então me abaixei para ficar na altura dele [o homem é cadeirante] e perguntei por que ele não queria ser vacinado. Ele me disse: ‘Você é negra’. Fiquei sem reação e saí”, relatou.

– Racismo: mulher é presa depois de chamar homem em ônibus de ‘macaco fedorento’

A estudante disse ainda que pretende prestar queixa na delegacia local e registrar o crime de racismo, mas não consegue identificar o homem para fazer a denúncia. “Eu não fiz a ficha dele e, logo após a atitude racista dele, saí para aplicar as vacinas, estava com isopor e seringas na mão. Nesse dia, foram 550 pessoas vacinadas”, disse.

Posicionamento da prefeitura

Por meio de uma nota de repúdio divulgada à imprensa, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD) afirmou que ações racistas devem ser combatidas por todas as pessoas. “Deixo a minha solidariedade a Thaís. Atitudes como essa são inaceitáveis em um país cuja maioria da população é autodeclarada negra”, declarou.

– Vacina e racismo: brancos são 2 vezes mais vacinados do que negros, diz Agência Pública 

Nesta quarta-feira (19), até as 16h, 3.052.551 pessoas foram vacinadas  contra a COVID-19 em todo o estado, de acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia. Dessas, 1.396.873 receberam a segunda dose.

Publicidade

Foto: Reprodução / Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.