Ciência

Dicionário do século 19 tem descrições poéticas das cores da natureza

Redação Hypeness - 18/05/2021

Um geólogo alemão e um pintor escocês  foram os responsáveis por criar uma escala de cores inspiradas pela natureza. O catálogo, uma espécie de escala Pantone para os cientistas da natureza, traz descrições poéticas para as tonalidades de folhas, animais e até do céu. 

Pantone anuncia as ‘Cores do ano’ para 2021

Os nomes por trás da poesia colorida são de autoria de Abraham Gottlob Werner, geólogo alemão, e Patrick Syme, pintor de Edimburgo. A escala tem definições como “Folhas podres de não-tão-bonitas”, “flor de beladona” e “verde esmeralda”, esta última associada a pontos coloridas nas asas de marrecos. 

A cor “vermelha sangue arterial” é descrita como encontrada na cabeça de galos. Já o “laranja amarronzado” está nos “olhos da maior mosca”.

Ilusão de ótica revela cor que você nunca viu antes

Apesar de ter sido Werner que criou o catálogo, Syme alterou algumas amostras de cores e incluiu outras tantas. Foi graças ao escocês que o guia “A Nomenclatura das Cores”, de Werner, foi publicado em 1814.

Como é o mundo visto por pessoas que enxergam as cores de forma diferente

O guia, além de interessante, é esteticamente bonito, uma vez que todas as cores são divididas de acordo com os tons semelhantes. 

Recentemente, o ilustrador Nicholas Rougeux criou uma versão online e interativa do arquivo, que inclui fotos que exemplificam algumas descrições. Outra versão, desta vez impressa, pode ser adquirida aqui. O prazo de entrega pode ser um pouco longo por conta do envio do produto, que é importado. 

Publicidade

Fotos: Werner’s Nomenclature of Colours / Farrow & Ball


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Betelgeuse tem enigma solucionado: estrela não estava morrendo, estava ‘parindo’