Debate

Elefante utilizado em filmes morre e coloca Hollywood na mira de ativistas

Redação Hypeness - 21/05/2021 às 09:44 | Atualizada em 25/05/2021 às 10:43

Morre o elefante Tai, que aparece nos filmes de Hollywood “Westworld” e “Água aos Elefantes”. A morte do animal foi confirmada em um e-mail que a PETA enviou na quinta-feira ao Daily News, compartilhando um obituário “escrito a partir de sua perspectiva, em uma vida de miséria”. Ela tinha 55 anos.

“W.C. Fields disse para nunca trabalhar com animais. Confie em mim – o sentimento é mútuo”, dizia o obituário que a PETA fez para o elefante. “Eu poderia ter gostado de viver meus anos com minha família na natureza, mas em vez disso, ganhei uma passagem só de ida para a vida de exploração. (…) Você nos conhece, elefantes – nunca esquecemos”.

A organização pediu aos leitores que convoquem as produtoras a evitar o uso de animais selvagens reais em seus projetos.

O grupo de direitos dos animais Animal Defenders International disse em 2011 que Tai foi maltratado enquanto era cuidado pela empresa Have Trunk Will Travel (HTWT) e perto do lançamento de “Water for Elephants” naquele ano, postou imagens de 2005 do suposto abuso, incluindo choques elétricos dados no animal, de acordo com o The Guardian. A empresa negou as acusações.

O filme, estrelado por Robert Pattinson e Reese Witherspoon, apresentou cenas de crueldade fictícia contra animais.

“Ficamos desconfortáveis ​​com a mensagem deste filme, mas quanto mais víamos as repetidas afirmações de que este elefante foi tratado com amor e carinho e nunca foi abusado, percebemos que tínhamos que divulgar a verdade”, Jan Creamer, chefe executivo da ADI, disse em 2011, segundo o outlet.

A American Humane Association disse na época que estava “aqui observando a pré produção de ‘Água para Elefantes’ (…) para garantir que todos saibam que não apenas a ação no set, mas também a preparação seja feita de forma humana, todos esses animais foram tratados de forma justa e humana durante todo o curso de seu treinamento”.

O manifesto da PETA sobre a morte de Tai começa falando sobre todas as violências cometidas contra o animal. “Um elefante que foi retirado de seu lar natural quando era um filhote e forçado a aparecer em filmes e programas de TV (…)”.

“PETA – cujo lema diz, em parte, que ‘os animais não são nossos para o entretenimento’ – opõe-se ao especismo, uma visão de mundo de supremacia humana.

Publicidade

Fotos: Divulgação/Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness