Sustentabilidade

Estresse pode ser combatido com hábito de comer frutas e vegetais, aponta estudo

Redação Hypeness - 20/05/2021 | Atualizada em - 21/05/2021

Manter uma dieta rica em frutas e vegetais está associada a uma série de benefícios à saúde – e essa lista acaba de ficar mais longa. Uma nova pesquisa da Edith Cowan University examinou a ligação entre a ingestão de frutas e vegetais e os níveis de estresse.

O estudo examinou mais de 8.600 australianos, com idades entre 25 e 91, participantes do Estudo Australiano de Diabetes, Obesidade e Estilo de Vida (AusDiab), do Baker Heart and Diabetes Institute.

As descobertas revelaram que pessoas que comeram pelo menos 470 gramas de frutas e vegetais diariamente tiveram níveis de estresse 10% mais baixos do que aqueles que consumiram menos de 230 gramas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda comer pelo menos 400 gramas de frutas e vegetais por dia.

A pesquisadora principal, a candidata a doutorado Simone Radavelli-Bagatini, do Instituto de Pesquisa em Nutrição, da ECU, disse que o estudo fortalece a ligação entre as dietas ricas em frutas e vegetais e o bem-estar mental.

“Descobrimos que as pessoas que ingerem mais frutas e vegetais ficam menos estressadas do que aquelas que ingerem menos, o que sugere que a dieta desempenha um papel fundamental no bem-estar mental”, disse Radavelli-Bagatini em entrevista ao Mc Knights.

Um problema crescente

As condições de saúde mental são um problema crescente na Austrália e em todo o mundo. Cerca de um em cada dois australianos terá um problema de saúde mental durante a vida. Globalmente, aproximadamente 1 em cada 10 pessoas vive com um transtorno de saúde mental.

De acordo com a Sra. Radavelli-Bagatini, algum estresse é considerado normal, mas a exposição a longo prazo pode afetar significativamente a saúde mental.

“O estresse de longo prazo e não administrado pode levar a uma série de problemas de saúde, incluindo doenças cardíacas, diabetes, depressão e ansiedade, então precisamos encontrar maneiras de prevenir e possivelmente aliviar os problemas de saúde mental no futuro”, disse a Sra. Radavelli-Bagatini.

Os benefícios de uma dieta saudável são bem conhecidos, mas apenas 1 em cada 2 australianos comem as duas porções de frutas recomendadas por dia e menos de 1 em cada 10 comem as cinco porções de vegetais recomendadas por dia.

“Estudos anteriores mostraram a ligação entre o consumo de frutas e vegetais e o estresse em adultos jovens, mas esta é a primeira vez que vemos resultados semelhantes em adultos de todas as idades”, disse Radavelli-Bagatini.

“As descobertas do estudo enfatizam que é importante que as pessoas tenham uma dieta rica em frutas e vegetais para minimizar o estresse”.

Comida e humor

Embora os mecanismos por trás de como o consumo de frutas e vegetais influenciam o estresse ainda não estejam claros, a Sra. Radavelli-Bagatini disse que os nutrientes essenciais podem ser um fator.

“Vegetais e frutas contêm nutrientes importantes como vitaminas, minerais, flavonóides e carotenóides que podem reduzir a inflamação e o estresse oxidativo e, portanto, melhorar o bem-estar mental”, disse ela.

“A inflamação e o estresse oxidativo no corpo são fatores reconhecidos que podem levar ao aumento do estresse, ansiedade e diminuição do humor. Essas descobertas incentivam mais pesquisas sobre dieta e, especificamente, quais frutas e vegetais fornecem mais benefícios para a saúde mental”.

A pesquisa faz parte do Instituto de Pesquisa em Nutrição, recentemente lançado pela ECU, que visa investigar como a nutrição pode ajudar a prevenir e tratar condições crônicas de saúde.

Consumo de vegetais no Brasil

A pesquisa “Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico Brasil 2019”, divulgada pelo Ministério da Saúde, mostrou que o consumo de frutas e hortaliças em quantidade mais adequada subiu de 20%, em 2018, para 22,9%, em 2019. O recomendado é ingerir cinco porções por dia em, pelo menos, cinco dias da semana.

O estudo foi realizado por telefone, com homens e mulheres acima de 18 anos, de todos os estados brasileiros, e levou em consideração a resposta de 52.443 pessoas ao longo de todo o ano de 2019.

Ele mostrou, por exemplo, que o hábito de comer vegetais foi melhor no caso das mulheres, que  representam 26,8% do total de brasileiros que se alimenta bem, contra 18,4% dos homens.

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Onça-pintada vista com filhote é boa notícia para Mata Atlântica