Ciência

Eureka! Ciência desenvolve embalagem de pipoca para aposentar isopor

Redação Hypeness - 24/05/2021

O isopor é um dos principais desafios para a ecologia; esse tipo de embalagem é bastante prejudicial para o nosso meio ambiente. O material, derivado do poliestireno, é pouco reciclável. Por isso, muitos cientistas pesquisam alternativas para essa substância. Entretanto, pesquisadores da Universidade de Göttinger, na Alemanha, descobriram que a pipoca, alimento tão comum no mundo todo, pode ser uma alternativa sustentável para o isopor.

– Brasileira de 17 anos cria embalagem sustentável que substitui o isopor 

Embalagens de pipoca podem ser alternativa para o isopor, um dos principais vilões do meio ambiente

Os pesquisadores do Chemie und Verfahrenstechnik von Verbundwerkstoffen (Química e Engenharia de Processos com Materiais Compostos) da Faculdade de Ciências Florestais e Ecologia da Universidade de Gottingen descobriram que a pipoca granulada pode ser um substituto muito eficiente para o poliestireno.

– Isopor será proibido na Costa Rica a partir de 2021 

O ‘isopor de pipoca’ é biodegradável e não depende de combustíveis fósseis para ser feito, ao contrário do poliestireno. A ideia já foi licenciada por uma empresa, a Nordgetreide, que pretende expandir a utilização para uso amplo comercial nos mercados de embalagem.

“Esse novo processo, criado a partir da tecnologia desenvolvida na indústria do plástico, permite a produção de uma grande variedade de pacotes moldáveis. E isso é particularmente importante quando consideramos o mercado de embalagens, porque nosso produto garante que os produtos são transportados de maneira segura, o que reduz o desperdício. E tudo isso foi conquistado com um material que será biodegradável”, afirmou a professora Professor Alireza Kharazipour, que coordena o grupo de pesquisa, à Deustche Welle.

– Cientistas descobrem como as larvas podem ajudar a reduzir os resíduos de isopor no mundo 

“Nossas embalagens de pipoca são uma grande alternativa sustentável para o poliestireno, que é derivado do petróleo. As embalagens feitas de planta foram criadas pelas parte não comestíveis da pipoca e podem ser descartados sem quaisquer problemas para a natureza a posteriori”, explicou Stefan Schult, diretor administrativo da Nordgetreide.

 

Publicidade

Fotos: Destaques: Getty Images Foto 1: Universidade de Gottingen/Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.