Diversidade

Igreja Luterana elege 1ª bispo transgênero de sua história

Redação Hypeness - 18/05/2021 | Atualizada em - 19/05/2021

O reverendo Megan Rohrer está fazendo história na Igreja Evangélica Luterana como o primeiro bispo transgênero da história. Não se identificando nem como homem nem como mulher, Rohrer deve ficar responsável pelo comando das igrejas luteranas americanas no norte da Califórnia e no norte de Nevada.

A instituição Igreja Evangélica Luterana na América (ELCA) anunciou esta semana em um comunicado à imprensa que Rohrer, que usa os pronomes neutros, foi eleito para servir um mandato de seis anos como bispo do Sínodo de Sierra Pacific, cimentando ainda mais sua marca na igreja depois de ser o primeiro pastor abertamente transgênero.

“É inspirador”, disse Rohrer à CNN. “E acho que estou muito ciente de que esse chamado é maior do que eu – é sobre servir a Deus e é sobre… um lugar na história que significa muito para muitas pessoas.”

Rohrer é pastor da Grace Lutheran Church em São Francisco desde 2014 – e foi ordenado durante uma época em que a ELCA não permitia que pastores LGBTQ servissem abertamente, de acordo com seu site.

Quando a política mudou em 2009, Rohrer, que ainda vive na cidade californiana com sua esposa e dois filhos, estava entre os primeiros de sete pastores recebidos na ELCA.

“Os sentimentos da maioria das pessoas sobre gays, lésbicas e trans não são racionais, e talvez à medida que amadureci como pastor, descobri que são os sentimentos. As pessoas têm um sentimento ou medo que as compele a querer dizer não a todo um grupo de pessoas”, disse Rohrer à Cosmopolitan em 2018. “A maneira de responder a isso é dando o nosso melhor e falando mais alto do que o medo das outras pessoas”.

Rohrer disse ao canal que eles cresceram em Dakota do Sul, onde as dificuldades que enfrentaram para se assumirem como transgêneros os inspiraram a se voltar para a religião.

“Você pode imaginar que não é o lugar mais divertido para descobrir que você é trans”, disseram eles. “A quantidade de abusos religiosos que as pessoas falaram perto de mim e ao meu redor foi o suficiente para me fazer estudar religião.”

Rohrer, que também trabalhou com a comunidade LGBTQ de sem-teto de São Francisco, como diretor executivo da Welcome nos últimos 12 anos, será instalado em 11 de setembro na Igreja Luterana de São Mateus, em Walnut Creek, Califórnia, de acordo com a ELCA.

A instituição, que tem 3,3 milhões de membros, é a única denominação cristã (junto com a Igreja Episcopal) que permite que transgêneros sirvam como clero, de acordo com a CNN.

“Acho que a coisa mais importante que posso dizer como pastor homossexual é que sinto muito. Usar a fé para destruir outras pessoas não é uma boa notícia”, disse Rohrer à Cosmopolitan. “Todos nós precisamos ser tão barulhentos e irados quanto as pessoas que querem declarar que existem tipos de pessoas que Deus não pode amar. As pessoas estão literalmente morrendo por causa disso.”

Publicidade

Fotos: Arquivo pessoal/Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Paris, filha de Michael Jackson, diz que homossexualidade é tabu religioso na família