Sustentabilidade

Lixeiras em lugares estratégicos aumentam em 141% a taxa de reciclagem

Redação Hypeness - 27/05/2021 | Atualizada em - 31/05/2021

Como dizia minha mãe: “salada temperada tem mais saída”. Isso por que as pessoas têm preguiça de temperar e acabam não comendo. Um estudo recente mostra que esse mesmo desleixo também acontece no caso do lixo. A pesquisa mostra que o simples fato de colocar lixeiras em lugares estratégicos aumentam em impressionantes 141% a taxa de reciclagem.

O estudo do departamento de psicologia da Universidade de Colúmbia Britânica (UBC), no Canadá, mostra que colocar lixeiras a 1,5 metros de distância das portas de apartamentos, por exemplo, já garantem este aumento drástico da reciclagem.

“Sabemos que as pessoas se preocupam com o meio ambiente, mas ter o desejo de reciclar e fazer compostagem nem sempre se traduz em mudanças de comportamento”, disse Alessandra DiGiacomo, autora principal do estudo e estudante de doutorado no departamento de psicologia da UBC em entrevista publicada no Science News.

“Talvez sem surpresa, descobrimos que as pessoas compostavam e reciclavam muito mais quando tornávamos mais conveniente”.

Uma vez que a conveniência demonstrou mudar outros tipos de comportamento, como a escolha de opções de alimentos mais saudáveis – como a anedota aqui no começo do texto -, os pesquisadores previram que a conveniência também aumentaria os comportamentos de compostagem e reciclagem.

Para testar sua teoria, eles colocaram lixeiras em três locais diferentes: uma área de coleta de lixo (a opção menos conveniente), na base de um elevador em um prédio (uma opção um pouco mais conveniente) e por portas de elevador em cada andar (a mais opção conveniente).

Os experimentos foram realizados em três edifícios de apartamentos multifamiliares no bairro do lado oeste de Vancouver e em dois edifícios residenciais de estudantes na UBC.

Por 10 semanas, os pesquisadores examinaram e pesaram os resíduos. Eles descobriram que quando caixas de compostagem foram colocadas em cada andar dos prédios de apartamentos, em vez de no andar térreo, as taxas de compostagem aumentaram em 70%, desviando 27 kg de composto do aterro por unidade por ano.

Quando as estações de reciclagem foram colocadas a apenas 1,5 metros das suítes das residências de estudantes, em vez de no porão, a reciclagem e a compostagem aumentaram em média 141%, desviando uma média de quase 20 quilos de resíduos do aterro por pessoa por ano.

“As descobertas mostram que uma pequena mudança no meio ambiente pode ter um grande impacto no comportamento”, disse o coautor do estudo Jiaying Zhao, professor do departamento de psicologia da UBC e do Instituto de Recursos, Meio Ambiente e Sustentabilidade.

“A visão tradicional é que temos que educar as pessoas sobre a importância da reciclagem e da compostagem, mas acreditamos que esse é o modelo errado porque as pessoas já sabem. Fatores simples, como conveniência, podem ser a chave para nos ajudar a nos tornarmos mais ecologicamente corretos.”

As descobertas têm grandes implicações para a gestão de resíduos e política ambiental, destacando aspectos únicos do comportamento humano. Embora as pessoas tenham o desejo de fazer melhor, Zhao disse que as intenções nem sempre predizem o comportamento.

“Chamamos isso de lacuna intenção-ação”, disse Zhao. “O que os psicólogos podem fazer é mudar um pouco o ambiente para que nossas ações possam seguir nossas intenções. Precisamos fornecer soluções e alternativas às práticas atuais para ajudar as pessoas a reciclar e compostar mais.”

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.