Criatividade

Artista cria castelo com pedras, latas e outros materiais reutilizados como um monumento no Colorado

Vitor Paiva - 24/06/2021 | Atualizada em - 28/06/2021

A obra do artista Dominic “Cano” Espinoza é monumental, e esse não é um adjetivo posto em exagero ou metáfora: desde 1980 que o trabalho de sua vida se tornou a construção de um verdadeiro castelo no estado do Colorado, como uma igreja ou um monumento cristão inspirado nos templos budistas que viu quando jovem no Vietnã. Diferentemente das igrejas ou templos, porém, o castelo de Cano é um monumento essencialmente “reciclado” – feito com os mais diversos materiais reaproveitados, incluindo uma grande quantidade de latas de alumínio e outros metais reaproveitados na construção.

do artista Dominic “Cano” Espinoza

A “igreja” de do artista Dominic “Cano” Espinoza permanece em construção

-O templo branco na Tailândia onde o céu e o inferno se encontram

O local, registrado em fotos e uma reportagem assinadas por Fred Scruton para a revista Raw Vision, começou pela simples construção de um espaço subterrâneo para armazenar batatas – concluído o local, Cano em seguida decidiu transformar a parte acima do porão de batatas em uma sauna a vapor, e começou a aproveitar materiais que tinha à disposição, como pedras do deserto próximo a seu terreno na cidade de Antonito que, segundo o último censo do país, tinha somente 781 habitantes – nem por isso, porém, o local é totalmente pacato: segundo o artista, as visitas para ver seu castelo são diárias.

A construção reutiliza materiais inspirada nos templos asiáticos

A construção reutiliza materiais inspirada nos templos asiáticos

Espinoza em uma das varandas de seu castelo

Espinoza em uma das varandas de seu castelo

-A incrível casa sustentável feita com portas e janelas recicladas

Aos poucos a construção foi ganhando cada vez mais corpo e sentido, inspirada no período que Espinoza esteve como soldado na Guerra do Vietnã, entre 1968 e 1970 – não foi, no entanto, somente a arquitetura dos templos da Ásia sua inspiração essencial: a morte de um companheiro de batalhão, assim como sua própria sobrevivência ao conflito, o fizeram planejar a construção de um monumento em tributo, mas sob os princípios cristãos que ele então cria e segue crendo.

Uma das torres do monumento cristão

Uma das torres do monumento cristão

Castelo de Espinoza, no Colorado

A cidade de Antonino, onde fica o castelo, não chega a ter 800 habitantes

A casa de Espinoza também é feita de materiais reutilizados

A casa de Espinoza também é feita de materiais reutilizados

-A história (e as imagens) do ‘OVNI comunista’, um dos pontos mais fotografados do leste europeu

A estrutura do castelo é primordialmente feita de pedras, com madeira e metais misturadas a milhares de latas de alumínio cortadas ao meio como base e decoração da construção – que à noite é iluminada por luzes elétricas ao som de garrafas penduradas que se tocam impulsionadas pelo vento. Espinoza também mantêm uma horta comunitária, uma pequena fazenda de animais e um jardim – seu monumento, porém, parece permanecer em perpétua construção, de forma similar ao que fez o arquiteto catalão Antoni Gaudi com sua igreja “Sagrada Família”, em Barcelona, em construção desde 1882: dadas as devidas proporções, a construção de Espinoza se parece com a igreja de Gaudi.

A igreja é iluminada por luzes elétricas à noite

A igreja é iluminada por luzes elétricas à noite

Espinoza em sua Igreja

Espinoza hoje tem 73 anos, e construiu sua igreja praticamente sozinho

 

Publicidade

© fotos: Fred Scruton


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é mestre e doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Publica artigos, ensaios e reportagens, é autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Casal chantageado com nudes vira o jogo e monta site com conteúdo erótico