Futuro

Cientistas descobrem como transferir a capacidade de aprendizado do seu cérebro

Redação Hypeness - 17/06/2021 | Atualizada em - 21/06/2021

Um estudo publicado na revista científica Frontiers in Science deu evidências de que a ciência pode “transferir” a capacidade de aprendizado entre seres humanos. A pesquisa desenvolvida pela HLR Laboratories, uma empresa estadunidense de tecnologia, mostrou caminhos interessantes para o campo da estimulação do cérebro.

– Para chegar aos 50 com cérebro de 25 você precisa fazer uma única coisa, segundo a neurociência

Cientistas conduziram experimento que levou à melhora cognitiva de aprendizes de pilotagem de avião

Os cientistas fizeram experimentos em um grupo de pessoas que aprendiam a pilotar aviões militares e comerciais. Resumidamente, eles captaram as ondas cerebrais emitidas por pilotos profissionais e aplicaram as mesmas em um grupo de pilotos que estavam aprendendo a pilotar. Para controle, parte do estudo utilizou um grupo de placebo.

– Fui entender como a neurociência quer hackear nossos cérebros

Os pesquisadores obtiveram os resultados e concluíram que os aprendizes que receberam as ondas cerebrais de profissionais tiveram um desempenho cognitivo melhor e aprenderam mais rápido a pilotar aviões.

A imprensa internacional leu o fato como um ‘upload’ de conhecimentos de um cérebro para o outro, como aquele visto no filme ‘Matrix’, em que o personagem principal, Neo, absorve os conhecimentos de luta marcial através de um ‘download de informações’. A tese, entretanto, não é a de transferência de conhecimento, mas de uma estimulação a regiões do cérebro que podem ajudar na cognição de novas habilidades.

O estudo também contou com um grupo pequeno de dados, sendo apenas 34 pilotos observados. Para conclusões definitivas de que esse método de estimulação cerebral é eficaz, seriam necessários mais estudos com populações maiores.

– Estudo diz que cérebro pode diminuir ansiedade e aumentar foco com envelhecimento

“A principal conclusão desse estudo é que é possível combinar a estimulação por ondas e a cognição de aprendizado em simuladores de voo. Só por isso, o estudo já é interessante. Entretanto, é importante ressaltar que a validade estatística desses resultados é bem pequena e não nos dá respostas concretas. Por isso, é necessário tentar um estudo com uma amostra maior, que nos dê uma resposta mais representativa e estatisticamente acurada para entendermos essa questão”, afirma Christopher Chambers, professor de neurociências, à Gizmodo.

 

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
SP tem mais prédios do que casas pela 1ª vez, aponta estudo; tendência é de alta