Sustentabilidade

Filhote de onça-pintada toda preta em extinção nasce firme, forte e saudável em santuário na Inglaterra

Vitor Paiva - 18/06/2021 | Atualizada em - 22/06/2021

O nascimento de uma filhote fêmea de onça-pintada em um santuário na Inglaterra vem sendo especialmente comemorada – pela raridade da espécie, mas em especial de sua cor. Também conhecida como Jaguar, a Onça-pintada é um animal nativo do continente americano, e boa parte da espécie, próxima de estar ameaçada de extinção, carrega na pele a típica estampa de manchas – entre 6% a 10% das onças-pintadas na natureza, porém, é melânica, com indivíduos de cor totalmente preta.

A filhote de onça preta Baby

A filhote nasceu saudável em 6 de abril

-A incrível história do menino brasileiro que cresceu brincando com onças

É esse o caso da filhote nascida no santuário The Big Cat Sanctuary, em Kent, no último dia 6 de abril: filha do casal Neron e Keira, o animal até aqui chamada simplesmente de “Baby” herdou do pai a condição melânica, e veio ao mundo com a pelugem negra lhe conferindo beleza ainda mais especial. Assim como o pai Neron, em princípio Baby mais parece uma pequena pantera, mas quando posta sob a luz do sol, as típicas manchas que pintam as onças podem ser vistas suaves também estampando seu corpo. O Jaguar é o maior felino das Américas, e o terceiro maior de todo o planeta.

A filhote de onça preta Baby

Baby herdou a condição genética do pai que lhe deu a cor

A filhote de onça preta Baby

As onças-pintadas negras são indivíduos raríssimos na espécie

-Jaguar que atacou mulher que tentava fazer selfie não será sacrificado; veja vídeo

Segundo cuidadores no santuário, Baby está “crescendo cada vez mais, ganhando força e malícia a cada dia”, sendo cuidada com atenção e paciência pela mãe, Keira. “Seus instintos maternais brilham enquanto ela alimenta, brinca e cuida de sua linda filhote ao longo dos dias e das noites”, disse o santuário, em relato ao site My Modern Met. O protocolo separa a filhote do pai nos primeiros meses de vida por motivos de segurança, mas Neron já observa Baby à distância, e em breve poderá finalmente conhecer a filhote “presencialmente”.

O casal de onças Neron e Keira

O casal de pais Neron e Keira

O casal de pais Neron e Keira

Os temperamentos opostos não impediram a atração entre os felinos, segundo o santuário

-Filhote de leão da caverna de até 50 mil anos atrás é encontrado na Sibéria

Os pais de Baby se conheceram em dezembro do ano passado, quando passaram a dividir um espaço a fim de incentivar justamente a reprodução. Cuidadores afirmam se tratar de dois animais completamente diferentes: enquanto Keira é uma onça-pintada cheia de energia, Neron é um felino calmo e relaxado. Os opostos, porém, se atraíram, e os dois passaram a agir como namorados – em pouco tempo Keira engravidou, e assim Baby veio ao mundo.

“Não podemos acreditar o quão rápido está sendo seu desenvolvimento comparado a outros filhotes, e isso parece ser normal entre onças. Ela nasceu com os olhos abertos e já andava firme com 2 semanas”, comunicou, orgulhoso, o santuário – que agora realiza um concurso no país para arrecadar fundos e escolher o nome da filhote.

A onça-pintada negra Neron

A tranquilidade do pai de Baby, Neron

A onça-pintada negra Neron

As manchas na pele do pai aparecem à luz do solar

Baby e Keira

Keira cuidando de Baby no santuário

Publicidade

© fotos: The Big Cat Sanctuary/divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é mestre e doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Publica artigos, ensaios e reportagens, é autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Bob Esponja e Patrick da vida real são flagrados por biólogo no fundo do mar