Debate

Governanta ‘vacinada contra a covid-19 com imunizante da Pfizer’, diz anúncio em SP

Redação Hypeness - 23/06/2021

Uma vaga de emprego anunciada no site TrabalhaBrasil exigia que o contratado fosse imunizado contra a covid-19 com a vacina da Pfizer. O anúncioprocurava uma governanta para trabalhar em regime de microempreendodor individual para uma residência no bairro de Cambuí, bairro de classe média alta da cidade de Campinas.

– Covid: somente agora domésticas são incluídas como prioridade de vacinação, e isso diz muito sobre o Brasil

Vaga revela preconceito e elitismo da elite brasileira, que não consegue limpar a própria casa e exige ‘bagagem cultural’ de governanta

Farinha pouca, meu pirão primeiro 

A história revela algumas faces da população brasileira (em especial da elite do nosso país). Em primeiro lugar, a situação da imunização contra a covid-19 não permite que o imunizado escolha qual será seu imunizante. Por mais que a vacina Pfizer tenha, teoricamente, uma proteção maior, isso não significa segurança total e, nesse momento, não é possível ser sommelier de vacina.

– Coronavírus: metade das diaristas foram dispensadas sem pagamento, diz pesquisa

Outro fato relevante a ser colocado em consideração é o de que a primeira morte causada pela covid-19 no Brasil foi a de uma empregada doméstica que pegou o vírus de seus patrões que viajaram para a Itália e trouxeram a doença para o Brasil.

Em terceiro lugar, isso é ilegal. “O empregador não pode criar uma vaga de emprego discriminando dessa forma, especialmente porque estamos vivendo em um pais que a gente sabe das dificuldades para vacinação. É absolutamente discriminatório”, explica advogada trabalhista Thaís Cremasco ao G1. “Então fora as discriminações que estão no artigo 5º e 7º da Constituição, é evidente, até pelo que está descrito na nossa Constituição que qualquer tipo de discriminação é proibida”.

– Influencer humilha empregada doméstica em exemplo prático de racismo; veja vídeo

O TrabalhaBrasil retirou o anúncio do ar e os responsáveis pela patifaria ainda não foram identificados, mas o caso já está na mão do Ministério Público do Trabalho, que deve apurar a situação e verificar quem foram os contratantes responsáveis pela publicação da vaga de emprego.

Publicidade

Fotos: Destaques: © Getty ImagesFoto 1: Reprodução/Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Cid Moreira tem interdição pedida por filhos que acusam mulher de mantê-lo em cárcere