Arte

Kubrick se inspirou em quadro de Van Gogh para cena de ‘Laranja Mecânica’

Vitor Paiva - 11/06/2021 | Atualizada em - 15/06/2021

O filme Laranja Mecânica não é considerado por acaso uma das grandes obra-primas de Stanley Kubrick e da história do cinema. Um dos mais perturbadores e icônicos filmes de todos os tempos, a película de 1971 se desenvolve cheia de simbolismos e complexidade narrativa, e até mesmo remonta um quadro de Vincent Van Gogh em uma de suas tantas inesquecíveis passagens, que tornam também o filme um dos mais visualmente impactantes já filmados.

A comparação em detalhe entre a cena de Laranja Mecânica e o quadro de Van Gogh

A comparação em detalhe entre a cena de Laranja Mecânica e o quadro de Van Gogh © Reedit

-Janela Indiscreta: a influência das pinturas de Edward Hopper sobre a obra de Hitchcock

Entre os muitos detalhes do filme, a cena em que os prisioneiros se exercitam em círculos no pátio da prisão é diretamente inspirada no quadro “Prisioneiros exercitando (após Gustav Doré)”, um quadro menos conhecido pintado por Van Gogh em 1890. Quando da feitura do quadro, Van Gogh se encontrava internado no asilo de Saint-Paul, monastério em Saint Rémy, na França, após um episódio de doença mental, dois anos antes, e a imagem parece diretamente apontar a sensação de aprisionamento que o próprio artista enfrentava.

“Prisioneiros exercitando (após Gustav Doré)”, pintado por Van Gogh em 1890

“Prisioneiros exercitando (após Gustav Doré)”, pintado por Van Gogh em 1890

-Encontraram um manuscrito com uma continuação para ‘Laranja Mecânica’

E como o próprio título do quadro sugere, a pintura do gênio do pós-impressionismo holandês é, por sua vez, inspirado em uma obra do pintor, ilustrador e artista francês Gustav Doré. A gravura “Newgate – pátio de exercício”, mostra cena praticamente idêntica tanto à pintura de Van Gogh quanto à cena de Kubrick, mas foi criado quase que exatamente um século antes do filme, em 1872. Na “repintura” da cena por Van Gogh, especialistas hoje especulam que o prisioneiro de cabelos vermelhos ao centro do quadro representaria o próprio pintor. Parte do monastério onde o quadro foi pintado hoje foi convertido em um museu para o artista holandês.

A gravura de Doré na qual Van Gogh se inspirou para o quadro que inspirou a cena de Kubrick

A gravura de Doré na qual Van Gogh se inspirou para o quadro que inspirou a cena de Kubrick

-Encontraram 3 roteiros inéditos do mestre Stanley Kubrick

A menção à obra de Van Gogh – e consequentemente de Doré – demonstra a complexidade estética e de referências que montam a força de uma obra como Laranja Mecânica. A cena aparece na passagem em que o personagem Alex no filme é enviado à prisão, e recria em precisão o movimento que os quadros sugerem. Mas como Kubrick gostava de subverter a ordem mesmo nos menores detalhes, enquanto nos quadros os prisioneiros caminham no sentido horário, no filme os prisioneiros andam no sentido contrário – como pode ser visto na cena presente no vídeo abaixo.

Publicidade

© fotos: Wikimedia Commons/crédito


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.