Diversidade

Leonardo Vieira, ex-ator da Globo, relata ameaças de morte por ser gay

Redação Hypeness - 29/06/2021

Leonardo Vieira denunciou ameaças de morte provocadas pela homofobia. O ator com passagem pela TV Globo diz ter recebido juras contra sua vida por ser um homem gay. Tudo isso em pleno Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+.

Vieira publicou uma imagem dizendo estar “recebendo, no direct aqui do Instagram, ameaças de morte por ser gay”. Ele acrescentou, “covardes, enrustidos, infelizes, invejosos e frustrados se escondem atrás do suposto anonimato da internet”. Leonardo Vieira citou a Polícia Federal no post por meio de hashtags. 

– Homofobia é crime: saiba como identificar e denunciar

– Dia contra a Homofobia: filmes que mostram a luta da comunidade LGBTQIA+ pelo mundo

– Arcebispo se desculpa após homofobia contra repórter dentro de igreja; veja vídeo

Em 2017, Leonardo Vieira foi basicamente forçado a assumir sua orientação sexual após ter fotos beijando um homem divulgadas. Em entrevista recente à coluna de Patrícia Kogut, o ator revelou que a revelação acabou afetando negativamente a sua carreira. 

“Fui arrancado do armário contra a minha vontade e depois disso a minha vida virou de cabeça para baixo. Passei a sofrer ameaças de morte e desde então nunca mais fui chamado para um trabalho”, contou o ator.

Aos de 52 anos, Vieira atuou pela última vez na novela “Dez Mandamentos”, da TV Record

Sem novos trabalhos e insatisfeito com a eleição de Jair Bolsonaro para presidente, Leonardo Vieira decidiu se mudar para Portugal com o marido, Leandro Fonseca. 

Publicidade

Foto: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.