Ciência

Nova espécie de libélula é descoberta no interior de São Paulo

Vitor Paiva - 22/06/2021 | Atualizada em - 23/06/2021

Para descobrir uma nova espécie de libélula, o professor Rhainer Guillermo Nascimento Ferreira e o biólogo Rodrigo Roucourt Cezário não precisaram sequer sair do campus da Universidade Federal de São Carlos. Batizado de Heteragrion gorbi, o inseto voador se destaca pelo belo e singular tom de azul de seu corpo, e foi encontrado em uma parte de mata de cerrado localizada dentro da Ufscar na cidade do interior de São Paulo – na área do córrego do Espraiado.

A Heteragrion gorbi, nova libélula descoberta em São Carlos

A Heteragrion gorbi, nova libélula descoberta em São Carlos

-Conheça a libélula robô que voa como se fosse de verdade

Segundo Ferreira, inicialmente somente um indivíduo macho da espécie foi avistado no local, pousado em uma árvore alta, se destacando pela rara coloração azul no gênero, mas o inseto não foi capturado. Cezário é aluno de mestrado do professor, e foi convocado para a missão de identificar aquela possível nova espécie – até que enfim, no ano passado, em um mesmo dia várias libélulas azuis foram encontradas no local, incluindo uma Heteragrion gorbi fêmea.

A Heteragrion gorbi, nova libélula descoberta em São Carlos

A coloração do corpo do animal é rara entre o tipo de inseto

-Fóssil de inseto assassino de 50 milhões de anos preserva genitália

Dentre as mais de 6 mil espécies de libélulas existentes no planeta, a descoberta não é a única que carrega a bela coloração azul, mas a vasta maioria das espécies, segundo o professor, possui um corpo de coloração ocre, próxima do amarelo. A nova libélula paulista passa a compor a lista de mais de 700 espécies brasileiras do inseto registradas na literatura científica do país – uma das importâncias do inseto é funcionar como bioindicadores, por sua extrema sensibilidade à poluição e os desmatamentos.

A Heteragrion gorbi, nova libélula descoberta em São Carlos

A libélula se torna mais uma das 700 espécies brasileiras

-As borboletas gigantes e outros insetos pintados em capas de livro por Rose Sanderson

A maior importância para o equilíbrio ecológico em geral do inseto, no entanto, está em sua função direta como predador: desde a fase larval aquática até a fase adulta, a libélula é uma das grandes responsáveis pelo controle de populações de outros insetos. O nome da Heteragrion gorbi funciona como uma homenagem ao grande professor e biólogo alemão Stanislav Gorb, ligado à Universidade de Kiel, na Alemanha, por seu vasto trabalho especializado em libélulas. A pesquisa conta com o apoio do CNPq e foi publicada na plataforma aberta Europe PMC.

O local onde a Heteragrion gorbi foi descoberta

O local onde a Heteragrion gorbi foi descoberta

Publicidade

© fotos: Rhainer Guillermo Nascimento Ferreira | Ufscar


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é mestre e doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Publica artigos, ensaios e reportagens, é autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Astrônomo amador usa dados de 2003 para descobrir Lua de Júpiter