Arte

Amy Winehouse estava confusa sobre sexualidade, diz mulher que revela relacionamento amoroso

Karol Gomes - 15/07/2021

Catriona Gourlay revelou ter mantido um relacionamento amoroso com Amy Winehouse na época em que as duas dividiram um apartamento. A fala foi dada em depoimento para o documentário “Reclaiming Amy”, nova produção sobre a vida da artista britânica exibida recentemente na BBC 2, para marcar os 10 anos de sua morte, em 2011.

Gourlay contou que Amy tinha conflitos com a própria sexualidade, mas não hesitava em tratar de suas preferências com ela. “Quando eu tinha 19 ou 20 anos já tinha estado em um relacionamento longo com uma outra menina, então sabia quem eu era. Mas ela (Amy) estava confusa em relação a quem era”, disse.

Leia também: Ex-marido de Amy Winehouse quer R$ 4,6 milhões de herança

Amy e Catriona continuaram amigas após o fim do relacionamento

– Fotógrafo lança série de imagens inéditas de Amy Winehouse antes da fama

Na entrevista, Gourlay compartilhou ainda que Amy Winehouse era muito romântica. “Ela costumava escrever recados para mim enquanto eu dormia, ‘você é a garota mais linda que já vi’ e ‘como você pode ser tão linda tanto dormindo quanto acordada?’”, lembrou.

Confira o trailer: 

– Fundação Amy Winehouse cria clínica de reabilitação gratuita para mulheres

Gourlay afirma que é importante que o público saiba que Amy Winehouse manteve “outros relacionamentos em sua vida”. Ela ressaltou no documentário que estas pessoas que se envolveram com a artista a amaram e se importavam com ela – referência direta ao relacionamento abusivo de Amy com Blake Fielder-Civil, com quem foi casada entre 2007 e 2009.

Amy morreu em 2011, em sua casa, após uma overdose acidental de bebidas alcoólicas

Blake é associado com algumas recaídas da cantora, que conviveu com a dependência química até o final da vida, até aos traumas provocados pelo pai de Amy. Mitch Winehouse, diz o documentário “Amy”, teria forçado a filha a trabalhar doente, além de ter impedido que ela entrasse na rehab para tratar o vício em álcool e drogas.

Publicidade

Fotos 1 e 2: Getty Images
Foto 3: Reprodução / BBC 2 / Reclaiming Amy


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
‘Omoya’: websérie debate a força e a herança negra na história da música do Brasil