Debate

Casal que provocou incêndio florestal com chá revelação é indicado por 30 crimes

Gabryella Garcia - 28/07/2021

Na última terça-feira (20) as autoridades dos estados Unidos anunciaram que um casal que causou um incêndio durante um chá revelação foi indiciado por 30 crimes. Além do gigantesco incêndio provocado, o casal também foi indiciado por homicídio culposo.

O incêndio aconteceu em 5 de setembro de 2020, em Yucaipa, Califórnia, quando durante um chá revelação o casal lançou um objeto que soltava uma cortina de fumaça e causou o fogo na região florestal.

incêndio Califórnia

O incêndio florestal consumiu o equivalente a 11 mil campos de futebol

Além de ter destruído várias residências, o incêndio consumiu mais de 9 mil hectares de floresta. Durante o atendimento a ocorrência o bombeiro Charlie Morton morreu e outros dois acabaram ficando feridos.

SP registra 103 incêndios em mata por dia entre janeiro e agosto de 2020

De acordo com Jason Anderson, promotor distrital de San Bernardino, as investigações concluíram que o incêndio foi causado por um “dispositivo pirotécnico gerador de fumaça”.

Refugio Manuel Jimenez Jr. e Angela Renee Jimenez, que se declararam inocentes, foram soltos de pagar fiança e responderão três acusações de causar incêndio de forma imprudente com grandes lesões corporais, quatro acusações de causar incêndio de forma imprudente em estruturas habitadas e 22 acusações de contravenção que tratam de incêndio em outra propriedade, além do homicídio culposo.

Publicidade

Fotos: Getty Images


Gabryella Garcia
Gabryella Garcia é paulista, mulher trans, transfeminista e jornalista pela Unesp. Começou a carreira escrevendo horóscopos para o João Bidu e agora foca em escrever sobre direitos humanos e recortes de gênero. Já passou por veículos de São Paulo, Santa Catarina, Espírito Santo e também colaborou para veículos como Ponte Jornalismo, Congresso em Foco e Elle Brasil. Atualmente, além de produzir o podcast "Prosa", para o Hypeness, também colabora com o UOL. Além disso atua como voluntário no Projeto Transpor, um projeto que oferece consultoria profissional gratuita para pessoas transgêneros com montagem de um currículo assertivo, Linkedin e simulação de entrevistas de emprego.