Arte

Feminicídio de mulheres negras inspira livro e espetáculo de dança

Redação Hypeness - 05/07/2021 | Atualizada em - 06/07/2021

O espetáculo “Abajur Cor de Carne — Cartografia pela Dança” nasceu em 2019 a partir de uma indignação. Dados nacionais levantados pelo “G1” dão conta de que 75% das mulheres assassinadas no Brasil sejam negras, um número alarmante, absurdo e que inspirou o Coletivo Emaranhado a colocar o dedo na ferida para falar sobre o assunto de forma poética: com dança

Ubuntu: O pioneirismo de Ruth de Souza nas artes do Brasil

O espetáculo é uma proposta concreta em favor das mulheres, principalmente as negras e, apesar do elenco não ser composto apenas por pessoas negras, o corpo de artistas é um signo do saber, produzido e memorizado na relação ontológica do cotidiano negro afrodiaspórico”, reflete Maicom Souza, o filósofo, bailarino e produtor cultural por trás da performance, que foi premiada no 21º Festival Nacional de Teatro de Gaçuí, no Espírito Santo. 

Os textos cênicos, as músicas cantadas pelos artistas, o jogo de linguagem com os fenótipos e o protagonismo das mulheres retintas em cena promovem e reivindicam os direitos dos afrodescendentes”, explica. 

Ingrid Silva: a estrela do balé de Nova York que trouxe visibilidade negra para a dança

A intenção do espetáculo é denunciar a cultura de violência de gênero no país. Algo que continua a ser feito por meio do livro “Abajur Cor de Carne – Cartografia pela Dança: possíveis epistemologias de uma arte negro-brasileira”, organizado por Maicom.  É possível acessar o material gratuitamente aqui.

A proposta deste livro não é a de reafirmar as violências, mas de gritá-las com a força e a coragem de quem assim busca. Sabemos que essa busca se faz presente em cada segundo em que uma mulher é ofendida, violentada, assediada, abusada e morta, entre tantas outras formas de violências que são forjadas às mulheres, e ao que é feminino. Por isso, tanto o espetáculo quanto este livro são um trabalho de permanência: sua arte é cíclica, conversa com o público trocando dores e denúncias.

Descubra o que foi a bizarra epidemia de dança de 1518

 

Publicidade

Fotos: Bernardo Firme/Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: array_map(): Expected parameter 2 to be an array, bool given in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/part/publicidade/outbrain.php on line 2

Warning: array_intersect(): Expected parameter 2 to be an array, null given in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/part/publicidade/outbrain.php on line 11

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
8 documentários que revelam a vida e a obra de grandes gênios modernos