Reverb

Iron Maiden: vocalista Bruce Dickinson é piloto profissional e pilota o avião da banda

Yuri Ferreira - 13/07/2021

Bruce Dickinson, o vocalista da banda de heavy metal Iron Maiden, não é apenas conhecido por seu alcance vocal icônico e por narrar canções incríveis – e os principais clássicos – do maior grupo de heavy metal britânico da história. Além disso, Bruce Dickinson é piloto de avião e por muitos anos comandou o ‘Ed Force One’, a aeronave que levou os metaleiros do Maiden para os quatro cantos do mundo em diversas tours.

– Iron Maiden ‘briga’ com o Metallica para ser o maior grupo de metal da história, diz autor de ‘atlas’ sobre a banda inglesa 

História de Bruce Dickinson – Iron Maiden

Bruce Dickinson não é somente piloto de avião e vocalista de uma banda com um dos maiores legados da história do heavy metal do mundo, mas é sócio da ‘The Trooper’, uma cerveja temática sobre o grupo

O Iron Maiden foi formado nos meados dos anos 1970, mas Bruce Dickinson só assumiria os vocais da banda em 1981. Antes, o cargo era ocupado pelo grande Paul Di’Anno, voz dos meus discos favoritos do Maiden, ‘Killers’. Com a saída de Di’Anno, Bruce Dickinson assume o posto de vocalista do Iron Maiden no clássico ‘The Number of The Beast’. Querendo ou não, a voz de Bruce marcaria o que hoje percebemos como o som icônico da banda.

– Metallica usa turnê para doar para bancos de alimentos ao redor do mundo 

Seu alcance vocal incrível e as ótimas composições que o acompanhavam tornaram o período em que esteve no Maiden como uma fase de ouro da banda. Ele ficou no Iron até meados dos anos 90, quando seguiria em uma carreira solo com experimentações dentro e fora do gênero do metal.

Iron Maiden curtindo uma boa comidinha no festival de Reading de 1984

O vocalista voltaria ao Iron Maiden seis anos depois, em 1999, mas nossa história aqui, que envolve boeings e viagens intercontinentais, só começaria alguns anos depois.

Bruce Dickinson – piloto de avião

Bruce Dickinson começou a fazer o curso de pilotagem e se tornar piloto de avião na segunda metade da década de 1990, quando tirou seu brevê. Porém, ele só ingressaria na aviação comercial na década seguinte. Foi, inclusive, durante um hiato das tours da banda que o vocalista conseguiu seu primeiro emprego como piloto profissional de aviões. O vocalista do Iron Maiden fez vôos comerciais pela Astraeus Airlines, uma companhia de voos comerciais britânica que operou até 2011.

– Chuck Berry: o adeus ao grande inventor do rock n’ roll 

bruce dickinson piloto

Bruce Dickinson em viagem ao Brasil para conhecer aeronaves da Embraer; além de ser um dos maiores vocalistas da história do metal, ele é empresário do ramo de aviação e ainda realiza voos comerciais

Foi Bruce Dickinson quem pilotou pela última vez uma viagem da Astraeus, em um vôo de Jeddah, na Arábia Saudita, para Manchester, na Inglaterra. Foi ele também o piloto que levou o time do Liverpool – apesar de ser um torcedor do West Ham – para disputar um jogo contra o Napoli na Europa League de 2010.

– Parceria entre Embraer e Uber promete carro voador (e sem piloto) para 2023 

Nos entremeios de seu ofício na Austraeus, Bruce Dickinson era piloto do Ed Force One. Ed é o nome do mascote do Iron Maiden, que aparece desde sempre nas capas dos discos da banda. Em uma brincadeira com o ‘Air Force One’, avião do presidente dos EUA, os britânicos decidiram homenagear seu mascote no avião.

Dickinson pilotou o avião da banda – um baita de um Boeing 737 – em diversas tours, mas essa função hoje é delegada para outras pessoas. Bruce afirma ter muito prazer em pilotar justamente por encontrar um ofício muito mais tranquilo do que o dos palcos.

– Série de fotos mostra artistas do rock exaustos após seus shows 

“Minha satisfação em voar está em fazer o trabalho da maneira certa e concluí-lo. A satisfação de tocar ao vivo é externa, é perceber quantas pessoas estão te olhando no palco. Como piloto comercial, tudo é interno. Você tem vários passageiros, mas ninguém vai te elogiar com um ‘nossa, você foi incrível’, porque as pessoas estão ligando para suas próprias vidas. Seu trabalho como piloto é justamente chegar ao destino com segurança e ser invisível. É bem bacana para mim porque é oposto do que faço quando canto”, contou o cantor Bruce Dickinson, do Iron Maiden, ao Wales Online.

O cantor do Iron Maiden também possui uma empresa de reparos de avião, a Caerdav. A empresa é especialista em reparos de Airbus 320 e Boeings 737, além de formar novos pilotos e disponibilizar consultorias para o ramo de aviação comercial.

– Noiva surpreende tocando Iron Maiden ao piano e emociona noivo metaleiro 

O piloto de avião e vocalista também se formou em História pela Universidade de Queen Mary, no Reino Unido, mas não era exatamente esse seu sonho profissional. Em 2011, Bruce Dickinson se tornou doutor honoris causa pela mesma instituição por sua contribuição para o mundo da música. Muito além de ‘The Number of The Beast’ ou ‘The Trooper’ – aliás, ele é dono de uma cerveja artesanal com esse nome -, o vocalista do Iron Maiden possui uma carteira de profissões diversa: se estiver precisando de um historiador, de um vocalista ou de um piloto de aviões, pode chamar Bruce.

Publicidade

Fotos: Fotos 1 e 2: © Getty Images Foto 3: Divulgação/Embraer


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.

Especiais


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Dia Mundial do Rock: a história da data que celebra de um dos gêneros mais importantes do mundo