Debate

Marielle: viúva de Adriano Nóbrega aponta quem mandou matar vereadora, diz revista

Redação Hypeness - 16/07/2021

A viúva do miliciano Adriano da Nóbrega está negociando um acordo de delação premiada com o Ministério Público do Rio de Janeiro. Segundo a revista Veja, Julia Mello Lotufo, teria revelado quem foi o mandante do assassinato de Marielle Franco, ex-vereadora do Rio de Janeiro assassinada pelo Escritório do Crime, milícia comandada por Adriano, em 2018.

– Miliciano ligado aos Bolsonaro, Adriano da Nóbrega tem corpo exumado 

Adriano da Nóbrega é apontado como pivô na morte de Marielle Franco; delação de ex-esposa afirma que ‘Escritório do Crime’ não teve relação com morte da vereadora

Adriano foi morto em uma troca de tiros com a polícia da Bahia em fevereiro do ano passado. O corpo dele deveria ter sido exumado nessa semana, mas sua ossada não foi encontrada no local onde ele supostamente estaria enterrado, de acordo com a polícia da Bahia.

– Flávio Bolsonaro usou Abin para produção de relatórios de defesa no caso Queiroz 

Segundo a Veja, Lotufo estaria negociando não somente o nome do mandante do assassinato de Marielle, mas outros crimes que o Escritório cometia em favor de políticos ao redor do Rio de Janeiro. Além disso, ela relatou mais de dez assassinatos cometidos pelo policial militar e listou agentes públicos que trabalharam em favor da milícia para acobertar os crimes.

Ainda de acordo com a revista, o crime teria sido ordenado pela milícia da comunidade de Gardênia Azul, mas Adriano não teria participado do assassinato. A organização criminosa tem como suposto líder o ex-vereador carioca Cristiano Girão Martins, sem mandato desde 2010 e condenado a 14 anos de prisão.

– Marielle Franco: polícia prende bombeiro acusado de ocultar armas um dia após assassinato 

Ela afirma que sabe da informação porque Adriano cobrou a informação de outros milicianos. Segundo Júlia, ele percebeu que a morte de Marielle poderia atrapalhar seus trabalhos como miliciano na favela de Rio das Pedras, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A família de Marielle Franco se pronunciou em nota. Segundo publicação nas redes sociais, os familiares não têm conhecimento sobre as denúncias trazidas pela revista Veja hoje, 16/07, acerca dos possíveis mandantes do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes. Seguiremos exigindo que as investigações sejam realizadas de forma séria, transparente e efetiva, seguindo os mais altos parâmetros de direito internacional”.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.