Diversidade

Olimpíadas: Douglas Souza vira influencer e quem ganha é a comunidade LGBTQIA+

Redação Hypeness - 27/07/2021

As Olimpíadas de Tóquio colocaram os atletas brasileiros em foco, mas Douglas Souza, ponta da seleção brasileira de vôlei não esperava que esse destaque o transformaria em influenciador da noite para o dia. em 24 horas ele se tornou não só o atleta mais comentado do país, mas também uma referência LGBTQIA+ no esporte.

Douglas Souza vira influencer e comunidade LGBTQIA+ agradece

O jogador, que foi um dos destaques na partida de estreia do Brasil, tinha 260 mil seguidores no Instagram até o início dos jogos. Nesta terça-feira (27) de manhã, a conta de Douglas já registrava 2,7 milhões de inscritos.

Sua performance no jogo poderia ser o motivo, mas mais do que isso, a forma descontraída com que o atleta documenta os bastidores, canta, dança e se diverte que chamaram a atenção do Brasil. Sambar em cima da comentada cama de papelão da vila Olímpica – e ficar impressionado com a resistência -, passar desfilando durante os treinos do time e duplar “Zap Zum”, versão de Pabllo Vittar para o sucesso de Calypso foram algumas das cenas que mais bombaram.

“Estou descobrindo um mundo novo, estou em choque! Viralizei do nada”, disse em entrevista ao GLOBO.

Toda essa espontaneidade e carisma trazem ainda um fator muito importante: Douglas é o primeiro atleta abertamente gay do vôlei olímpico. Isso representa muito para a comunidade LGBTQIA+ e para tantas pessoas que hoje poder se ver dentro de um nível de excelência dentro do esporte.

“Antes eu não tinha maturidade para colocar a minha cara na internet e aparecer um comentário negativo e eu ter medo de como poderia me afetar. Hoje liguei o foda-se, desculpe a palavra. Quer falar mal? Tudo bem. Infelizmente, nós da comunidade LGBT estamos muito acostumados com isso. Só de acordar e dar a cara ali, as pessoas vão falar de você. Então que falem”, disse ao GLOBO.

Nascido em Santa Barbara d’Oeste, cidade a 138 km de São Paulo, Douglas tem 25 anos e vive em Taubaté, onde treina com o time de vôlei. Ele se assumiu publicamente gay em 2018 e, como disse ao jornal Lance, gostaria de ser lembrado como o primeiro homossexual no vôlei que conseguiu jogar em alto nível. “Quero ser um espelho de pessoas fora do padrão”.

Publicidade

Foto: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.